Brasileirão 2015: clubes poderão perder pontos por atrasos de salários

Durante o anúncio da tabela do campeonato Brasileiro, no fim da manhã desta segunda-feira, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, ficou decido pelo Conselho da entidade que os clubes poderão ser punidos com perda de pontos caso atrasem os salários dos jogadores, o que foi chamado de fair play trabalhista.

– O mais importante nesta reunião é que foi aprovado o fair play trabalhista. Com os clubes obrigados a apresentar o pagamento dos salários todos os meses. Isso foi um avanço. Foi um primeiro grande passo e uma grande conquista – disse o presidente vascaíno Eurico Miranda.

A medida já fez parte do regulamento do Campeonato Paulista, mas nenhuma equipe foi denunciada e punida por não pagar em dia. Para que isto ocorra, os atletas deverão denunciar os clubes na Justiça Desportiva. Apesar do acerto entre os clubes, para que a medida seja colocada em vigor, ainda haverá nova reunião, conforme explicou o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior.

– Para isso teria que ser editada uma normatização, se vai ser só a perda do vínculo com o jogador, os direitos federativos, isso não ficou ajustado. Poderá vir isto, mas neste momento não há, porque não saiu a normatização. Se tiver alguma punição por perda de pontos, terá de ser incluída no regulamento. Eu defendo uma situação até mais ampla, que o Congresso e o governo agilizem a regulamentação de todo o fair play, o trabalhista, o tributário, que se tenha um marco regulatório do futebol brasileiro. E que aí sim possa ser penalizado com perda de pontos, rebaixamento e outras punições – afirmou Romildo, em entrevista ao SporTV, após a reunião na CBF.

Fonte: Lance!net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*