Auxiliar inglês de Rogério Ceni se demite do São Paulo

O auxiliar inglês de Rogério Ceni no São Paulo pediu demissão. Nesta sexta, Michael Beale deixou o clube paulista alegando oficialmente problemas familiares. O pedido foi aceito pela diretoria do clube do Morumbi.

Apresentado no início da temporada, o inglês ficou pouco mais de seis meses trabalhando na equipe. Apesar da versão oficial, a apuração da reportagem da ESPN dá conta de que o treinamento desta sexta-feira não foi dos mais proveitosos, e Beale ficou incomodado. Não se sabe se houve um desentendimento entre ele e Ceni.

Dentro do clube, acredita-se que o inglês tenha sentido a pressão pelo momento do time na temporada. A adaptação dele vinha sendo difícil, já que Beale se mostrava muito fechado e pouco conversava com integrantes do clube, inclusive os que falavam inglês.

O auxiliar era treinador da equipe sub-23 do Liverpool quando conheceu Rogério Ceni em um curso da FA – a federação inglesa de futebol – em 2016. Em janeiro deste ano, ele foi apresentado ao lado do também auxiliar Charles Hembert, que é francês.

 

Fonte: ESPN

18 comentários em “Auxiliar inglês de Rogério Ceni se demite do São Paulo

  1. Houve coerência! Quando o Rogério Ceni o contratou para o cargo, a ele e a mim, particularmente, passou a impressão que deveria utilizar o modelo do futebol inglês no time tricolor. Até começou tentando, mas logo a realidade cobrou resultados (coisa nossa, torcedores brasileiros) e o Rogério mudou tudo. Acho que ele estava mais como um figurante de luxo que agregava status ao treinador.
    Agora, para continuar a coerência, o Rogério deveria trocar, também, o Pintado, a meu ver, um garoto de recados para chamar os atletas que o treinador quer colocar em campo e para apitar os coletivos. Auxiliares têm que ter conhecimento mas também personalidade para mostrar ao treinador onde ele está errando. Não acredito que o Pintado possa fazer isto e nem que o Ceni tem respeito por suas opiniões. Se o Rogério quer ser bem assessorado tem que escolher alguém que ele respeite como conhecedor e tenha personalidade; caso contrário, melhor ficar sozinho e deixar o roupeiro apitando os simulados e chamando os atletas em campo…

  2. O São Paulo virou um prato cheio para a imprensa e torcedores que gostam de meter o pau em tudo que acontece. Se esquecem que depois da venda do Lucas após tapar os buracos financeiro da época, chegamos até a atrasar pagamentos por falta de grana, é culpa da diretoria? sim é, mais fazer o que, só invadindo lá e os arrancando na marra. No início da temporada não tinha dinheiro para nada, no desespero o Rogério pegou os que vinham de graça, ou quase isso, Nem, Cícero, Neilton, Cidão e ainda falam que foram por indicação do Ceni, indicação uma ova, foi o tinha para pegar. Desde 2009 é a primeira vez que temos grana no cofre, para mim agora vai ser o início de tudo. Até sorte estamos tendo, a venda do Maicon foi realmente um milagre, consertou uma burrice sem tamanho incluindo a maior parte da torcida nessa. Vamos apoiar tudo e todos até o final do ano, é um tempo razoável para uma melhor avaliação. O T. Mendes estava no momento exato de vender 26 anos é o limite para a Europa, o Inglês, eu até prefiro subir o treinador da base para ajudar o Rogério. Deixem o falar mal para a imprensa que precisam vender notícia, nós não ganhamos nada com isso, pelo contrário, prejudicamos a equipe.

  3. Precisa agora vir alguém que possa realmente por o time nos eixos, ajudar efetivamente o Ceni, que tenha experiência em campeonato brasileiro…

  4. Pelo que parece ele era contra a venda do Thiago, considerava ele essencial pro time… único “box to box” do elenco.

    Deveriam ter explicado que hoje o SP é na verdade um mercado de jogadores e não um time. Aqui o objetivo é treinar jogador pra valorizar e vender… só isso.

  5. Não sei o que pensar. Não sei mais nem qual é o time. SP está virando acampamento de férias. Jogadores vem e vão apenas esperando propostas melhores. O mito e Lugano sofrem calados, já que não há o que fazer. A direção do futebol brasileiro anda de mão dadas com o governo do país. Está errado o inglês ir embora?

  6. o que precisamos de verdade é de um treinador o mais rápido possível.

    Dorival Junior o cara certo para o são paulo ate o fim do ano

    Hugo disse:
    30 de junho de 2017 às 21:40
    Precisamos de um dirigente agregador é experiente no futebol. Reparam que ninguém quer ficar na gestão do Pinotti?Me parece bastante a época do Adalberto só que pior. O cara inexperiente chega com aquele discurso de moralizar, enquadrar jogador mas o cara não tem o traquejo com os boleiros.

  7. a torcida independente + o dono do site + outros jornalista que querem que o Rogério ceni continue no são paulo quem sabe terão a sua resposta

    Danilo Brida disse:
    30 de junho de 2017 às 21:30
    Nao deve fazer falta, porém isso mostra o ambiente que está o SP, em 2013 o Muricy salvou e agora quem salvará???

    Estamos a passos largos rumo a segunda divisão!!!

  8. o Rogério ceni deveria segui o exemplo .

    torcida independente + jornalistas são paulinos = fica Rogério ceni e brinca de ser treinador no maior clube de futebol do país .

    ainda esperando o editorial

  9. Precisamos de um dirigente agregador é experiente no futebol. Reparam que ninguém quer ficar na gestão do Pinotti?Me parece bastante a época do Adalberto só que pior. O cara inexperiente chega com aquele discurso de moralizar, enquadrar jogador mas o cara não tem o traquejo com os boleiros.

  10. O futebol brasileiro é uma panela de pressão, se não tiver os nervos no lugar abre o bico cedo. Aqui os projetos de médio e longo prazo andam de de mãos dadas com a classificação na tabela dos campeonatos.

  11. Nao deve fazer falta, porém isso mostra o ambiente que está o SP, em 2013 o Muricy salvou e agora quem salvará???

    Estamos a passos largos rumo a segunda divisão!!!

  12. Não tenho nem o que comentar do profissional, mas fica claro que não existe projeto nenhum atualmente no São Paulo né? A cartilha da série B está sendo seguida à risca. Que tenhamos sorte porque planejamento tá mais do que provado que não existe. Chegamos a metade da temporada reformulando elenco e comissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*