Árbitro de jogo em Criciúma já foi chamado de “caseiro” por Ceni

O chileno Julio Bascuñán, árbitro designado pela Conmebol para o jogo desta quinta-feira entre Criciúma e São Paulo, pela segunda fase da Copa Sul-americana, apitará partida da equipe paulista pela primeira vez desde que teve atuação duramente criticada por Rogério Ceni.

O goleiro e capitão são-paulino se revoltou com a maneira com que o árbitro conduziu o primeiro duelo das oitavas de final de 2012, contra a LDU de Loja, no Equador. O que mais o incomodou na ocasião foi a marcação da falta que resultou no gol equatoriano, no empate por 1 a 1.

“Caseiro. Isso é medo da torcida. Ele deu uma falta que, na minha opinião, foi inexistente. Apesar de que erramos muito na marcação, a bola não poderia chegar aonde chegou. Mas o nível dele não é compatível com a média da arbitragem sul-americana”, disse o brasileiro.

A falta a que ele se referiu foi anotada por Bascuñán a poucos minutos do fim do primeiro tempo, depois de o volante Denilson dividir bola quase no meio-campo. “O Denilson tirou a bola e logicamente deu um encontrão no adversário, no campo liso, molhado. A falta originou o gol. Não tira nosso defeito de ter deixado a jogada toda acontecer, mas (o nível) não é normal para um árbitro de primeira linha sul-americana”, reforçou.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net

Goleiro e capitão são-paulino disparou contra o chileno Julio Bascuñán após jogo da Sul-americana de 2012

Quase um mês depois, em outubro, um novo empate, desta vez sem gol, garantiu a classificação para as quartas de final. O São Paulo, então, ainda eliminaria os chilenos Universidad de Chile e Universidad Católica para chegar à final e ser campeão diante do Tigre, da Argentina.

 

Passados dois anos, Ceni voltará a encontrar Bascuñán, agora no Brasil, mas novamente com o São Paulo na condição de visitante. A partir de 20 horas (de Brasília) de quinta-feira, em Santa Catarina, o chileno terá o auxílio dos compatriotas Sergio Román e Juan Maturana. O brasileiro Leandro Vuaden, filiado à Federação Gaúcha de Futebol, será o quarto árbitro.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*