Antes de Michel Bastos, último gol de falta ‘sem Ceni’ tinha sido de Ganso

Parceiro de Paulo Henrique Ganso na armação das jogadas no meio de campo do São Paulo, Michel Bastos “tomou” do Maestro uma marca curiosa no clássico com o Santos. Ao soltar o pé esquerdo em cobrança de falta e contar com a colaboração do goleiro Vladmir, Michel passou a ser o último tricolor a marcar neste fundamento, mesmo com a presença de Rogério Ceni no elenco.

Até o confronto com o Peixe, o posto pertencia justamente a Ganso. Em 26 de novembro do ano passado, o camisa 10 cobrou falta próxima à lateral direita, ninguém desviou e a bola morreu no fundo das redes do Atlético Nacional (COL). O rival, que acabou levando a melhor nos pênaltis e classificado à final da Copa Sul-Americana, era comandado pelo técnico Juan Carlos Osorio, agora treinador do São Paulo.

Antes de Ganso, o último jogador de linha a balançar as redes em cobrança de falta foi Jadson, trocado por Alexandre Pato em fevereiro do ano passado. O agora camisa 10 do Corinthians acertou o ângulo em batida na entrada da área em derrota por 3 a 1 para o Santos no Campeonato Paulista de 2013.

Nesta temporada, Rogério Ceni marcou duas vezes após finalização em falta. Ambos sairam ainda no Campeonato Paulista, contra o Red Bull Brasil e ante o Linense.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.