Aliados, Ademilson e Willian podem ser rivais no próximo jogo do São Paulo

Com Osvaldo e Luis Fabiano lesionados e Lucas na Seleção Brasileira, Ademilson e Willian José vão reeditar a dupla de ataque da última rodada, quando o São Paulo venceu o Figueirense por 2 a 0.

Se nesta quarta-feira, contra o Atlético-GO, os dois são aliados para o Tricolor seguir na briga para entrar no G4, após o apito final podem passar a rivais. Isso porque Luis Fabiano, que sofre com uma contratura na coxa esquerda (leia mais abaixo), pode voltar domingo, contra o Flamengo, no Morumbi. Se tiver condições, é titular de Ney Franco, que só terá mais uma vaga para armar o setor de frente.

Diferentemente de Emerson Leão, que descartava a possibilidade de começar os jogos com dois homens de área, o novo treinador já avisou que não vê problemas. Precisaria de treinamento, mas entende que dá para escalar. Ainda mais no esquema 3-5-2, que dá liberdade para os alas avançarem para cruzamentos.

Antes de entrarem em campo, Ademilson e Willian José estão “empatados”. Cada um fez um gol no Brasileirão, ambos diante do Figueirense. Além disso, os dois já trabalharam com Ney Franco nas categorias de base do Brasil e tiveram o desempenho elogiado pelo comandante, que conquistou seu primeiro triunfo após três compromissos.

Apesar de atuar como referência na base, Ademilson ficou mais pelos lados em Santa Catarina, o que deve se repetir contra o Atlético-GO. Foi depois da sua saída que Willian deixou sua marca. Rafinha fez a jogada e tocou para o camisa 19 marcar. Com 12 redes balançadas na temporada, só está atrás de Luis Fabiano, que tem 18, na artilharia. No início do ano, teve chances como titular e chegou a liderar como goleador. Ele tem 23 jogos, enquanto Ademilson chegou a apenas o seu sexto.

– Agora que fiz o primeiro gol, a confiança voltou e a tendência é marcar outros. Quando você tem uma sequência, ajuda bastante, porque fica mais fácil fazer gols. Não estava me sentindo pressionado, até porque não vinha jogando. Fiz o primeiro, a confiança voltou e a tendência é vir outros – afirmou Willian.

Nesta quarta-feira, dia de um ajudar o outro e o São Paulo vencer. Depois, cabe a Ney Franco escolher quem foi melhor.
Opções do ataque

Luis Fabiano
Com uma contratura na coxa esquerda, pode voltar no domingo.

Osvaldo
Sofreu estiramento na coxa esquerda contra o Vasco e não atuou no último jogo. Deve ficar mais dez dias fora.

Lucas
Com a Seleção Brasileira na Olimpíada, só volta em agosto. Já perdeu três jogos e pode perder, se chegar até a final, ainda mais seis.

Rafinha
Com três atacantes ausentes, passou a ser a primeira opção do banco. Entrou nos dois últimos jogos e foi responsável por assistência no último.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*