Aidar se irrita com notícia , mas admite atraso de salário de um jogador

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, veio a público para negar a informação divulgada pelo ex-jogador Neto nesta quarta-feira, na TV Bandeirantes, de que o clube estaria devendo salários de direitos de imagem aos seus atletas. Mostrando certa irritação com o apresentador, apesar de não citar seu nome, Aidar, porém, admitiu que um são-paulino não está com os vencimentos em dia.

Segundo o mandatário, um erro do clube acabou gerando a não quitação do valor referente ao direito de imagem deste atleta, que ele não quis divulgar o nome. O dirigente garantiu que não há pendências com os demais.

– Essa notícia é de um descabimento sem tamanho. Sei a origem, não vou polemizar com quem fez isso, sei porque ele fez isso, é hoje um jornalista, ex-atleta. De fato, um jogador escapou, realmente ficou atrasado, porque tinha um pagamento trimestreal, foi por um erro nosso – afirmou Aidar, em entrevista à Rádio Globo.

– Fico muito preocupado de um sujeito usar um blog, rádio, microfone, para fazer notícia desse tipo. Nego, não procede, quando soube dessa notícia chamei meu diretor financeiro no meu gabinete. ele me trouxe todos os documentos aqui – completou o dirigente.

Aidar, em seguida, disse que o erro no pagamento de um atleta ocorreu por seu salário de direito de imagem ser diferente dos demais e prometeu quitar o valor ainda nesta quinta-feira.

– Todos eles têm recebimentos mensais, e um deles tem um contrato que prevê adicional a cada três meses. Mas amanhã (quinta-feira) vai ser pago – disse o presidente.

O São Paulo tem até o próximo dia 30 para quitar o mês de julho no que se refere a imagem. Os vencimentos que estariam atrasados seriam referentes aos mês de maio e junho.

 

Fonte: Lance

6 comentários em “Aidar se irrita com notícia , mas admite atraso de salário de um jogador

  1. Não acredito que caiba um processo contra o Neto, uma vez que, o próprio Aidar confessa algum atraso. Quanto aos meses em atraso, citados na reportagem, não caracterizariam o atraso informado pelo presidente – atraso por valores a receber trimestralmente.
    Acho melhor o blog investigar melhor a notícia e a resposta.
    Concordo que, se verdadeira a versão presidencial, deveriam “rifar a cabeça” do denunciante; mas pondero: se o caso fosse apenas de um jogador e por esquecimento, uma conversa do jogador no departamento financeiro não teria resolvido o problema?
    Como disse: melhor investigar . . . .

  2. Duas situações.

    Primeira, pague logo o cara que está devendo.
    Segunda, não importa quem seja, reincinda o contrato. Levar um problema pessoal e interno para a imprensa não é perfil de jogador do SPFC.
    Queremos saber quem é o jogador e tocar ele fora do SPFC!

  3. Bom, se o Neto deu notícia falsa, simples, processe-o. Assim como o Rogério entrou no ar e ENGOLIU a Milly Lacombe quando ela quis se arriscar a dar um furo sem provas, o Aidar, se tiver mesmo razão, deveria processar o Neto e passar essa história a limpo.
    Chega de irresponsabilidade com as palavras, no Brasil as palavras são soltas ao vento toda hora por pessoas influentes, gerando consequências e expectativas e quase 100% das vezes não passam de mentira. Já pensou se um presidente da república (ou ex-presidente) tivesse que arcar com o ônus de cada mentira que solta, como seríamos muito menos enganados?

    Pode parecer radicalismo, mas na minha opinião, se o Aidar estiver com a razão, tem a obrigação moral de processar quem tentou pichar o nome da instituição sem provas e ajudar a moralizar um pouco esse meio nojento do jornalismo esportivo.

    Imagino que depois que teve de pagar 60 mil reais de processo, a Milly Lacombe checa pelo menos 3 vezes cada informação antes de soltar.

    • Concordo.

      E se for o contrário, que pague o jogador que levou a informação até o cara (mesmo que tenha sido o empresário) e reincida o contrato.
      Quem fez, fez de propósito para causar no ambiente.

  4. Paulo Pontes confio na sua posição, quem esta falando a verdade o “jornalista gayvota Neto,” ou o Dr Aidar, confesso que torço para que seja o Aidar, mas do modo como as coisas nesse pais esta, desde a politica Nacional porque não num Clube de futebol que outrora era o mais organizado, planejado e agora parece estar se igualando aos rivais indo para a mediocridade desses?
    E isso para a facção da imprensa engajada Corintiana é festa ou se preferir é sopa no mel para eles se refestelarem com a desgraça do maior de todos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*