Aidar quer união de clubes para reaver dinheiro de escândalos

O escândalo de corrupção na Fifa fez o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, voltar a pedir uma união dos clubes nacionais. Em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o mandatário manifestou o desejo de os times brasileiros contratarem advogados nos Estados Unidos, para recuperarem possíveis quantias que tenham sido desviadas.

“O que sabemos é o que temos lido, mas não conheço o processo. Vou sugerir amanhã (segunda) aos clubes que se unam e contratem um escritório de advocacia nos Estados Unidos para acompanhar o processo, porque vai haver muita recuperação de dinheiro”, afirmou o dirigente, que acrescentou.

“Este dinheiro é de quem? Com as delações premiadas e as confissões, os milhões de dólares devolvidos vão para onde? Para as entidades e federações ou para os clubes? Quem gerou este recurso? Sempre foram os clubes. Acho que chegou o momento em que o cenário mundial empurra a gente para tomar alguma providência também neste campo. Devemos exercer o direito de buscar o dinheiro que foi desviado”, acrescentou.

Reprodução/TV Gazeta

Aidar quer aproveitar reunião na CBF para ter um encontro também só entre clubes na segunda-feira

O escândalo no futebol mundial veio à tona quando sete dirigentes, entre eles José Maria Marin, foram presos na Suíça antes da eleição para a presidência da Fifa. A investigação é conduzida pelo FBI e, em meio à grave crise, o mandatário da entidade máxima do futebol mundial, Joseph Blatter, já avisou que deixará o cargo em breve.

Agora, Aidar quer saber se há valores que podem corresponder ao que os clubes brasileiros têm direito. O assunto será levantado por Aidar nesta segunda-feira, quando a CBF realizará uma reunião com representantes de diversas agremiações.

“Amanhã (segunda), teremos a reunião na CBF, que convidou os clubes. A pauta é para falar da Medida Provisória (que trata do futebol), mas há assuntos diversos. Nós, clubes, continuaremos por lá e conversaremos entre nós. Oxalá saia alguma coisa concreta”, completou.

Aidar ainda voltou a falar que a criação de uma liga “é o sonho dos clubes”, o que faria com que a CBF cuidasse apenas da Seleção Brasileira.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Aidar quer união de clubes para reaver dinheiro de escândalos

  1. Só espero que um dia os Diretores e Conselheiros do SPFC, não tenham que recorrer à Justiça de Hong Kong para recuperar o dinheiro da absurda comissão(ou seria comessão) que este Presidente PRETENDE pagar para uma empresa FANTASMA.

  2. Vejo necessidade de criação dessa liga. O campeonato brasileiro poderia ser regionalizado, porque tem muitos clubes e a distância percorrida é continental, encarecendo para os times. Nas finais, os campeões regionais disputariam o título entre si.

    • Concordo, desta forma o futebol de outras regiões menos favorecidas pela ganância e vontade dos cartolas teriam mais chances e não morreriam o futebol por lá, além de revelar novos jogadores, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.