Aguirre comemora classificação do São Paulo na Copa Sul-Americana

O técnico Diego Aguirre destacou na entrevista coletiva a necessidade que o São Paulo tinha de passar pelo Rosario Central e avançar na Copa Sul-Americana. O Tricolor venceu por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Morumbi, e passou para a segunda fase.

O treinador, porém, não gostou da forma como a equipe terminou a partida. Cueva e Petros foram expulsos nos minutos finais depois de cometerem faltas violentas.

– O jogo foi mudando. Começamos bem, nos primeiros 20, 25 minutos tivemos chances de fazer gol, mas não conseguimos. O Rosário começou a crescer também. Foi um jogo um pouco complicado, mas tínhamos que passar de qualquer jeito e conseguimos. O que aconteceu no final, os jogadores ficaram nervosos, não deveria ter acontecido – disse.

Diego Aguirre na partida contra o Rosario Central (Foto: Marcos Ribolli)

Aguirre valorizou a importância para o São Paulo de continuar no torneio internacional depois de eliminações em dois mata-matas – o Tricolor caiu diante do rival Corinthians no Paulistão e saiu da Copa do Brasil diante do Atlético-PR.

– Eu não me lembro se falei de tragédia ou fracasso (nas eliminações). É similar, mas o São Paulo tem a obrigação de ganhar coisas. Foi difícil ficar fora da Copa do Brasil. E temos na frente essa Copa Sul-Americana e o Brasileiro. São coisas importantes que precisamos ganhar. Ficar fora hoje seria muito duro. Seria um golpe duro. Ainda bem que tudo deu certo. O mais importante nessa competição é passar e hoje passamos.

3 comentários em “Aguirre comemora classificação do São Paulo na Copa Sul-Americana

  1. Faz um bom trabalho.
    Deixando a defesa sólida para depois atacar.
    Ontem se tivéssemos feito os dois gols perdidos… seria uma classificação muito tranquila.

  2. É inconcebível um time como o SP ter essa dinamica ridícula na transição do meio de campo e ataque ,fora as tentativas fracassadas de ligaçao direta defesa e ataque.

    Aguirre aposta em 3 zagueiros ou 3 volantes e eu concordo com ele nisso,pois já está mais que testado e provado que com 4 caras a frente o time fica extremamente vulverável defensivamente devido as características de marcaçao dos nossos jogadores,o 4 4 2 seria um tremendo retrocesso ,jogamos assim contra o Parana clube e quase fomos derrotados no 2 tempos, inclusive com posse de bola bem superior para eles.

    1 meia Nene ,um cara de lado Everton e outro de area Diego ,somado aos 2 e 3 volantes Petros e Liziero,ambos tem que contribuir de forma efetiva com o ataque e não apenas tocar bola pro lado(mais isso é treinamento tbm ,viu Sr.Aguirre)e o alas/laterais tbm tem de mostrar mais efetividade,enfim mais atitude mesml e menos conversa mole já ajudarão bastante.

  3. Se vc escalasse melhor e treinasse mais ajudaria, vemos um time q tem 3 volantes ou 3 zagueiros sem pegada, sem velocidade, mal na finalização ou seja sem nenhuma virtude…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*