Aguirre aceita perder Cueva e fala de cobrança a Diego Souza

Diego Aguirre vibra com a recuperação de Diego Souza, que virou artilheiro do São Paulo e herói da classificação na Copa Sul-Americana duas semanas depois de ser cobrado pelo próprio técnico a ser mais comprometido. A celebração vem ao mesmo tempo que o uruguaio já se mostra conformado em não contar mais com Cueva no clube.

– O Cueva é um jogador que vai ao Mundial, tem sondagens e ofertas possíveis. É uma boa oportunidade para o São Paulo vender bem, e para o jogador buscar outras oportunidades profissionais. Considero normal – disse o treinador para a TV Bandeirantes.

O peruano foi liberado do jogo de domingo, contra o Bahia, para acompanhar o nascimento de seu filho e, na sequência, se juntará à seleção, já em preparação para a Copa do Mundo. Raí, diretor executivo de futebol do Tricolor, nega que a despedida do camisa 10 tenha sido na quarta-feira, quando foi expulso diante do Rosario Central, mas tanto no clube quanto os representantes do jogador tratam sua saída depois do Mundial como bastante provável.

Aguirre, contudo, celebra já por Diego Souza. O treinador estava insatisfeito com o jogador, que chegou a receber oferta para ser emprestado ao Vasco. Mas, acompanhado por Raí, o uruguaio exigiu comprometimento do camisa 9. E o meia-atacante fez dois gols nos últimos dois jogos, virando o artilheiro do time na temporada – balançou as redes cinco vezes no ano.

– Nós nos falamos, tivemos uma conversa muito boa com o Raí, pedindo a ele comprometimento, deixar para trás o que aconteceu e tomar uma nova oportunidade. Nos últimos 15 dias, ele mudou. É, hoje, um jogador importante, está sendo decisivo – disse Aguirre, atribuindo publicamente a irregularidade inicial do jogador à sua mudança do Sport para o São Paulo.

– No começo, quando vim aqui, Diego Souza era reserva. Penso que sofreu um problema de adaptação normal quando se troca de time e cidade. Às vezes, as coisas não são de um dia para outro. Por sorte, isso ficou para trás. Estamos felizes por isso – comemorou.

3 comentários em “Aguirre aceita perder Cueva e fala de cobrança a Diego Souza

  1. Uma diferença latente entre Aguirre e Dorival Jr é a forma como o uruguaio se impõe frente ao elenco, mostrando que somente o nome não é suficiente para ser titular. Essa questão de Diego Sousa, antes Cueva, e mais alguns casos mostram que por enquanto ele tem total apoio do Depto de Futebol, coisa que faltou para o ex-técnico, que viva sempre inseguro.

  2. O caso do Diego Souza não tem mistério nenhum, é jogador malandro e tarimbado, Raí e seus diretores tem que levar o jogador com rédeas curtas, só isso. Agora se ele quiser jogar bola pra valer, não troco pelo Pratto nem com dinheiro de volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*