Lei da mordaça é instalada no São Paulo

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, definitivamente a Lei da Mordaça foi instalada em nosso clube. Isso está valendo, principalmente, para os sócios, mas também para quem é sócio-torcedor.

Há pessoas no clube que ficam vasculhando as redes sociais e buscam a punição a quem discorda da atual gestão. Dois exemplos clássicos destas punições, nos dois campos, podem ser dados por Maria Isabel, sócia que criticou Mara Casares, diretora do Departamento Feminino do Clube, e foi sumariamente suspensa por ordem do vice-presidente Social, Antonio Donizette Gonçalves; e Fátima Martini, sócia-torcedora que foi banida por criticar a diretoria em rede social e, com a repercussão do fato, readmitida dias depois.

No caso de Maria Isabel, sua suspensão foi retirada pelo então presidente da Comissão Disciplinar, Rodrigo Martinez,por entender descabida a decisão do Dedé. Isso ocasionou sua retirada da Comissão e um triunvirato feminino foi destacado para cuidar da Disciplinar.

É bom lembrar que nos tempos em que Paulo Mutti foi responsável pelo setor, pouca ou nenhuma dúvida pairou sobre suas decisões e os sócios sempre tiveram nele um paladino da justiça.

Agora as coisas mudaram. A administração Carlos Miguel Aidar, uma vidraça já despedaçada por tantas pedras que recebeu em razão das denúncias não respondidas até agora, está monitorando todas as redes sociais. Sócios que formam grupos e criticam a administração estão sendo chamados à Comissão Disciplinar para se explicar.

Mas eu pergunto: se explicar do que? Ser suspenso por que? Por não concordar com as atitudes desta administração? Cadê a democracia que conquistamos a duras penas no País e que sempre vivemos no clube? O contraditório dói tanto assim?

Minha crítica aqui é extensiva a quase toda a diretoria do clube, mais especificamente ao presidente Carlos Miguel Aidar – que desde que entrou pouco ou nada fez pelo social -, e aos vice-presidentes Antonio Donizette Gonçalves e Douglas Schwartzmann.

A página do Social do Tricolornaweb retomará a partir de hoje sua atenção a tudo que acontece o clube e está aberta aos sócios que se sentirem atingidos pelas decisões autoritárias desta diretoria.

 

Paulo Pontes

 

4 comentários em “Lei da mordaça é instalada no São Paulo

  1. A decisão descabida deste Dedé, unido a Mara Casares pautou-se na “denúncia” de que a sócia em questão “comandava um grupo visando o impeachment do presidente atual”. Nenhum deste dois compareceu em audiência para corroborar os fatos, culminando na decisão lógica de Rodrigo Martinez. A oposição precisa de mentes como a sua, Dr. Rodrigo. Mente que não se vende!!

  2. Importante lembrar que, independentemente da lisura porque se pautou o Sr. Paulo Mutti, enquanto presidente da comissão disciplinar ascendeu à condição de conselheiro vitalício, o que, certamente, inibiu eventuais críticas, ou discordâncias acerca das decisões emanadas daquele colegiado. Já, o Sr. Rodrigo Martinez, que veio a sucedê-lo naquela presidência, não possuindo a mesma blindagem, ao que se depreende, diante da referida decisão que contrariava os interesses da diretoria, foi sumariamente dispensado, com os sinceros agradecimentos pelos relevantes serviços prestados ao nosso Querito Tricolor! A liberdade de expressão esta consagrada na Constituição Federal!
    p.s.: “benesse essa igualmente estendida a minha pessoa”. (sócio 2808)

  3. Concordo com vc Paulo Pontes……..a verdade dói, mas tem que ser mostrada pois temos muitos associados que vivem em outro planeta, sem se conscientizar de que sua participação é importante para criar uma massa de apoio aos opositores dos desmandos que temos visto na Social, desde que tudo seja feito de forma educada.
    Parabéns por sua postura reta!

  4. Fico triste, eu que cresci dentro do SPFC, filho do Sr. Hélio Sá, conselheiro, sãopaulino nato, tanto que hoje aos noventa anos, vítima do mal de Alzheimer, não esquece do seu amor pelo SPFC. Fico muito triste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*