O empate no Sul não foi tão desastroso como pode parecer

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, posso ser muito criticado na opinião que vou postar aqui, neste editorial, mas faz parte do jogo: o empate no Sul, como coloquei no título, não foi tão desastroso assim e o time merecia a vitória. Se não ganhou foi por erros individuais, que nos roubaram dois pontos, além de um erro grotesco da arbitragem.

O São Paulo dominou completamente o jogo no primeiro tempo, a partir dos dez minutos. Criou duas chances claras de gol: uma desperdiçada por Kaká, de maneira inadmissível, e outra por Alan Kardec, que bateu desequilibrado, mas tinha chance de marcar. Rogério Ceni não fez uma única defesa.

Confesso não ter gostado da escalação, pois preferia ter Reinaldo na esquerda com Michel Bastos no meio, ou mesmo Maicon por ali, ao invés de Ademilson. E estava certo em meu pensamento, pois Ademilson foi o pior jogador em campo.

Mesmo assim o São Paulo tinha domínio, tocava a bola e concluía jogadas. E aí vem o primeiro erro individual que nos tirou a vitória: um pênalti absolutamente claro em Alan Kardec, não marcado pela arbitragem. No intervalo cheguei a comentar com amigos que minha sensibilidade indicava que o Tricolor ganharia o jogo.

Mas no segundo tempo tudo mudou. O time caiu de produção e veio, então, o segundo erro: acabamos sofrendo o gol num erro de Paulo Miranda, que deu um chapéu e perdeu a bola no ataque, de Edson Silva, que perdeu a bola no alto, do mesmo Paulo Miranda, que não conseguiu a recuperação, e do posicionamento do restante da defesa, já que dois jogadores do Figueirense sobraram livres.

Muricy demorou demais para enxergar a ineficiência completa de Ademilson. Manteve o cara no jogo até os 25 minutos do segundo tempo, quando então fez a substituição por Reinaldo, indo Michel Bastos para o meio. Em três minutos o São Paulo já tinha empatado o jogo e voltava a crescer na partida. Voltou a merecer a vitória, pois foi mais time que o Figueirense.

O desastre não foi tão grande porque empatamos fora. Pior é não vencer em casa. Por isso temos que fazer nossa lição, ganhando do Sport no próximo domingo, e contar com um escorregão do Cruzeiro, que joga no Maracanã contra o Fluminense. E isso é bem possível.

7 comentários em “O empate no Sul não foi tão desastroso como pode parecer

  1. Paulo Pontes , vou discordar de vc, foram dois penais e não um.
    O primeiro a bola bateu na mão do zagueiro e ele estava dentro da area, mais ou menos igual deram contra nós a favor do Palmeiras.

  2. Desa’stre previsivel quando se entra com aaademilson nessse time,
    no’s torcedores estamos cansados de saber que esse
    e’ cria de kotia e kotia e’ kotia mesmo, sem menosprezo ao animal e a cidade,
    mas a esse antro do geraldo e jj que so’ forman porkarias, tipo esse, loka’o,
    sergio mota, e tantos outros.
    Agora, o meu amigo murici, e’ um sono so’, apesar do banco e da zaga ser risivel
    ainda coloca tres atacantes, e nao faz uma prelecao pra esses zagueros
    fdps, tipo pmiranda jogaram se’rio chutando a bola pro mato, dar chapeu
    e’ pro GANSO, na’o pra zagueros meia boka.
    Juizada, ja’ foi discutida aqui, ta’ pior, cada vez pior, que esse futebol decadente.
    Enfim, vamos buskar LUGANO, com um joelho so’ e’ melhor que todos juntos
    inclusive o loka’o e o acarlos que adora um reffis, parece feito de geleia,
    olhem de onde veio.

    • So’ DOIS miseros pontinhos a menos, isso na’o e’ nada.
      ???? na’o e’ mesmo ????
      Poderiamos ter ganho os TRES pontinhos
      na’o fosse a empafia de Murici, teimando mais uma vez com aaaaaaaaaaadmilson
      o kara na’o chuta uma a gol, na’o cruza uma, na’o cabeceia, trupika na bola e
      ainda afunda o time na kara do trenero que ta bem ali.
      Na’o mesmo pra culpar a aberrasssssa’o de kotia.
      E’ kada uma, na’o da pra levar nada a se’rio messssmo.

  3. Outra vez a defesa nos afundou. Será que a esse jogo a diretoria assistiu? Que tal deixar o volante do Palmeiras pra lá e ir atrás de um zagueiro?

  4. Eu achei este empate ruim , time que almeja algo grande no Campeonato precisa vencer times como Figueirense dentro e fora de casa , ainda mais para um time que já perdeu tantos pontos em casa contra Coritiba , Chapecoense , Criciúma.

    Este jogo a chance de vitória era clara e a chance de consolidação no g4 também.

  5. Como sempre, é preciso pelo menos três gols por jogo, para garantia de pelo menos um empate, uma vez que o sistema defensivo sempre irá fazer merda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*