78 anos de glória. Mas as coisas precisam mudar

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo comemora neste 16 de dezembro 78 anos de existência, depois de sua refundação. Foram 78 anos de glória, vitórias, conquistas, alguns dissabores, mas de muito amor dedicado por sua torcida, que cresce ano após ano.

Ao longo de nossa existência conquistamos 21 títulos paulistas, um Rio-São Paulo, seis brasileiros, três Libertadores, três mundiais, duas Recopas, uma Supercopa, uma Conmebol e uma Sul-Americana, entre tantos outros torneios internacionais.

É bem verdade que o ano de 2013 não nos deixou nada para comemorar. Ao contrário, talvez não tenha em nossa história um ano que tenha sido marcado por tantas amarguras e desespero como este. Vimos, como nunca, muito de perto a série B do Campeonato Brasileiro. Nos salvamos, mas não  chegamos a lugar nenhum. Fomos eliminados da Sul-Americana por um time rebaixado no Brasileiro. E ficamos longe de qualquer chance de título no Paulista, por exemplo. Uma viagem internacional onde coletamos várias derrotas. Enfim, um ano para esquecer.

Não dá para não culpar a diretoria por essa série de fracassos. Aliás, situação que se agravou a cada ano, a partir do golpe dado no estatuto do clube, com a perpetuação de Juvenal Juvêncio no poder. Aliás, sempre falei a quem quisesse ouvir: tivesse Juvenal cumprido o estatuto e não feito a alteração tirana que fez, teria saído do poder como um dos melhores presidentes da história do São Paulo, pois é inegável que nos quatro primeiros anos no poder seu comando foi absolutamente vitorioso.

Mas como ocorre com todos aqueles que se perpetuam no poder e fazem do clube o seu negócio, o São Paulo padeceu sob a égide de Juvenal Juvêncio e, se antes ele era um presidente vitorioso, sai como um derrotado e responsabilizado por levar o time a este estado de penúria, pois a última impressão é a que fica.

Espero que este aniversário marque, mais do que uma comemoração do passado, o início de uma nova era, com outros dirigentes, novos jogadores e que a mentalidade vitoriosa, que deve permear em nosso clube, volte e vigore para o próximo ano.

Um comentário em “78 anos de glória. Mas as coisas precisam mudar

  1. Estamos vendo que tudo continuara como terminou o ano.
    Simplesmente inacreditavel, continuarmos com o pipokkkero,
    e ainda lucio bmw e o tambem pipokkkero osvaldo se fazendo de vitimas.
    Meu Deus, como pode um time desse padrao nao ter poder de
    fazer uma renovacao ampla em todos os setores, comecando
    com o time profissional.
    O que vimos ate agora e desanimador, a renovacao do reinaldo por quatro
    longos anos, e a aquisicao do luiz ricardo.
    Falaram em Vargas, em Sobis, tudo pura enrolacao,
    e na diretoria vindoura, com certeza sera continuismo absoluto
    porque a oposicao nao chegara ao poder.
    Bem, como tudo nesse paiz, nada e serio mesmo,
    entao vou perdendo cada dia mais
    um pouquinho de meu amor por tudo que amei um dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*