Na estreia, oportunidade de largar na frente

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, o São Paulo estreia hoje no Brasileiro enfrentando a Ponte Preta, em Campinas. Este é daqueles jogos onde se pode dizer: é possível vencer fora de casa.

Tenho uma mística no Campeonato Brasileiro, por pontos corridos, que aponta que o time pode ser campeão se, na média, vencer todos os seus jogos em casa e, ao menos, empatar todos fora. Claro que uma vitória fora nos dá o direito de perder dois jogos longe do Morumbi, pois os pontos se compensam.

Contando-se, então, que certamente perderemos alguns jogos fora, o de hoje, contra a Ponte, é daqueles que se diz: esse é para ganhar para formar a gordura. Ou alguém pode imaginar que a Ponte Preta vai fazer no Brasileiro a campanha que fez no Paulista?

O time não vai completo. Rogério Ceni, Rafael Toloi e Ganso estarão fora. Ney Franco está tendendo a retomar o 4-3-3, com Rodrigo Caio e Denilson como volantes, Jadson sendo o único meia e, na frente, Silvinho e Osvaldo abertos pelas pontas com Luis Fabiano no meio. Entendo até que, na ausência de Ganso, pode ser uma boa opção.  Assim temos certeza que Douglas será lateral direito e não atacante. Um problema a menos no time.

Acho, sim, que o Tricolor tem plenas condições de sair com um bom resultado de Campinas. E esse bom resultado, para mim, são os três pontos.

Então, à vitória, Tricolor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*