Zagueiro Breno, do São Paulo, vai operar joelho e só voltará em 2017

O zagueiro Breno, do São Paulo, terá seu joelho direito operado mais uma vez. Ele saiu machucado no primeiro jogo oficial da temporada, o empate por 1 a 1 com o RB Brasil, no dia 30 de janeiro, pelo Campeonato Paulista. Ainda enfrentou o César Vallejo, do Peru, pela Libertadores, quatro dias depois, mas desde então, o departamento médico tenta recuperá-lo sem intervenção cirúrgica, mas a falta de evolução leva ao procedimento. O período de recuperação prevê que Breno volte a jogar em 2017.

É provável que o zagueiro seja operado na próxima quinta-feira.

Especialista na matéria, o médico Rene Abdalla, que auxilia o clube nesse tipo de cirurgia, estava desconfiado de que havia insuficiência no enxerto de cadáver colocado no local em intervenção feita em 2010, nos Estados Unidos, quando Breno jogava no Nuremberg, da Alemanha.

– Ele está com o ligamento cruzado íntegro, mas tem uma insuficiência no enxerto colocado no joelho. Isso gera uma instabilidade que causa outros problemas. Partir para a cirurgia antes de tentar a reabilitação é ruim. Tentamos reabilitar e deixá-lo em condições, mas chegou a um ponto em que não se pode mais esperar – explicou o médico tricolor José Sanchez.

Há pouco mais de um mês, o derrame articular que persistia em atormentar seu joelho direito havia sido estabilizado, e Breno estava em processo de fortalecimento muscular para tentar ficar em condições de voltar aos gramados. Porém, o quadro voltou a regredir e o São Paulo, depois de reuniões com Abdalla, optou por nova cirurgia.

Em razão do longo período que ficou afastado do futebol – quatro anos, na soma das lesões e do tempo em que ficou preso na Alemanha por ter incendiado a própria casa –, qualquer decisão em relação ao quadro clínico do jogador é muito mais pensada.

Ele começou a temporada como titular. Agora, o técnico Edgardo Bauza tem, para a posição, Rodrigo Caio, Lugano, Lucão, Lyanco e Maicon, que tem contrato apenas até o dia 30 de junho.

 

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “Zagueiro Breno, do São Paulo, vai operar joelho e só voltará em 2017

  1. Breno é um caso diferente de Carlinhos e Lugano. O São Paulo tem, sim, uma responsabilidade humana, moral, na recuperação do Breno, não só para entrar em campo, mas para reinseri-lo no esporte e na sociedade. É um exemplo a ser dado e seguido por outros clubes e empresas. Acho muito tacanho reduzir o caso do Breno a “uma merda da diretoria”.
    Lugano e Carlinhos, pelo contrário, são dois erros de planejamento, sim.

  2. Tanto o Breno e o Centurion nao sei se foi mais uma merda da diretoria breno sabia se que alem de complicado a sua situacao estava bichado e muito tempo sem jogar, Centurion nunca foi la essas coisas, foi bem no penultimo jogo onde marcou gols, mas nao presta nem para ser reserva.
    Sao paulo precisa acabar com esses jogadores que so comem e dormem, gastam o dinheiro do clube para nada, poderia termos outros no lugar deles e melhor ainda, que tenham vontade de jogar em vestir nosso manto.

  3. Meu amigo, creio que você está se referindo ao Carlinhos, pois, o Breno já era sabido desde a sua vinda da Alemanha, e com tudo isso ainda é considerado jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.