Vitória, assistência e família marcam estreia de uruguaio

O zagueiro Antonio Carlos marcou os gols do São Paulo e foi o grande destaque na vitória sobre o Oeste, por 2 a 1, na tarde deste domingo (26). Porém, a partida válida pela terceira rodada do Campeonato Paulista de 2014 também foi especial para o lateral-esquerdo Alvaro Pereira. Contratado na última semana, o uruguaio vestiu pela primeira vez a camisa do Tricolor.

No triunfo sobre o clube de Itápolis, Alvaro deu trabalho ao rival e demonstrou a tradicional raça uruguaia. Aguerrido, o jogador não facilitou a vida dos atacantes e marcou em cima. Com a bola nos pés, o lateral também mostrou categoria e deu a assistência para o segundo gol de Antonio Carlos. Aos 41 minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio do lateral, o zagueiro-artilheiro subiu muito mais que toda a zaga rival e testou firme, no canto direito do goleiro, ampliando a vantagem tricolor: 2 a 0.

“Fiquei muito feliz com a vitória, e me senti muito bem. O Morumbi é muito bonito, um monumento do mundo, e realizei um sonho jogando aqui. O time jogou bem e soubemos aproveitar algumas situações. Nossa experiência fez a diferença, porque o times deles estava melhor fisicamente. No Paulista, a maioria dos clubes já começa a preparação no final do ano passado, e nós só em janeiro”, avaliou.

Antes de a bola rolar, na quente capital paulista, Alvaro Pereira pôde entrar no gramado com os filhos Mateo e Lucio. Os pequenos acompanharam o pai na subida do vestiário para o gramado e conheceram o Morumbi. Durante a semana, para assinar contrato com o clube, o lateral viveu uma verdadeira maratona.

Vindo da Itália, onde defendeu a Inter de Milão, o uruguaio desembarcou em São Paulo na segunda-feira (20), fez exames médicos, assinou contrato com o clube e teve que seguir para o Uruguai para reunir seus documentos. Na terça (21), ele voltou ao Brasil e com tudo em mãos pôde regularizar sua situação no país. Na quarta-feira (22), no CFA Laudo Natel, em Cotia, pôde trabalhar pela primeira vez como atleta são-paulino.

“Acho que cansei um pouco por isso, porque tive uma semana muito corrida. Resolvi algumas questões burocráticas, mas isso faz parte e na quarta-feira (29) já tentarei fazer melhor”, completou o lateral-esquerdo, que na segunda etapa contra o Oeste foi substituído por Reinaldo.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*