Vágner Mancini diz não ao Goiás e permanece no São Paulo

Um dos alvos do Goiás para substituir Maurício Barbieri, demitido após a perda do título estadual no domingo, Vágner Mancini é mais um nome descartado pela diretoria esmeraldina. Consultado ontem, o atual coordenador de futebol do São Paulo disse não ao clube goiano e, desta forma, irá continuar trabalhando no clube paulista.

Essa é a segunda vez que Vágner Mancini é procurado no último mês. No fim de março, ele chegou a recusar uma proposta feita para comandar a Chapecoense.

Com isso, o Goiás acumula negativas na tentativa de encontrar um novo técnico para comandar a equipe na sequência da temporada. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube foi atrás de Vanderlei Luxemburgo, que pediu tempo para resolver uma questão particular.

Além de Luxa, Paulo Autuori e Dorival Júnior também foram consultados pelo Goiás. O primeiro irá cumprir o contrato que tem com o Atlético Nacional, da Colômbia, enquanto o segundo está aguardando uma proposta do exterior.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Vágner Mancini diz não ao Goiás e permanece no São Paulo

  1. Cuca é um treinador top, algo que Mancini ainda não conseguiu se. Mas, a verdade é que Mancini teve um trabalho melhor que Cuca, nesse Paulista. Arrisco que ele teria colocado o time mais a frente e até sido campeão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.