Tricolores celebram 1 a 0 e querem vencer também em Belo Horizonte

Os jogadores do São Paulo saíram de campo animados após a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, no estádio do Morumbi. Contentes com mais um triunfo dentro de casa, o quinto em cinco jogos disputados neste ano, os comandados de Edgardo Bauza asseguraram que não vão jogar pelo empate no duelo de volta, na semana que vem, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

“Fizemos nosso papel, tivemos tranquilidade, não tivemos pressa e conseguimos o gol. O time todo está de parabéns. Agora é descansar e se preparar para o jogo de Belo Horizonte”, comentou o volante e capitão Hudson, um dos maiores defensores de uma tática ofensiva na casa dos mineiros.

“A gente não vai lá para buscar o empate, vamos para vencer. É uma vantagem diferente (da do Toluca), não podemos achar que porque ganhamos aqui vamos lá jogar diferente. Temos condições de ganhar lá também. É se apoiar em fazer um bom jogo como o daqui para não sermos surpreendidos”, completou o meio-campista, bastante aplaudido pelos torcedores na saída do estádio.

Outro que recebeu muitos elogios dos são-paulinos foi o meia Paulo Henrique Ganso. Após levar um amarelo logo nos primeiros minutos de bola rolando, ele soube se acalmar e conseguiu ter mais uma boa apresentação diante dos cerca de 61 mil torcedores que estiveram na partida.

“Acho que são equipes de muita qualidade técnica, mas é jogo de Libertadores, jogos com muita raça, pegada. Construímos uma boa vantagem, mas sabemos que não tem nada ganho, tem muita coisa pra acontecer ainda”, avaliou o camisa 10, que, apesar da advertência, está livre para atuar no duelo da volta.

Outro feito bastante comemorado foi alcançar a terceira partida em seu estádio sem sofrer gols, meta principal de Patón por causa da importância do tento marcado fora de casa. Diretamente responsáveis por isso, os zagueiro Rodrigo Caio e Lugano também defenderam que a equipe não fique segurando a igualdade na casa do adversário.

“A gente sabia que seria muito difícil. Temos uma pequena vantagem e agora é jogar bem em Minas para buscar a classificação”, comentou o garoto. “A gente sabe da força que temos dentro de casa e da qualidade do Atlético-MG. Não podemos apenas esperar porque isso foge das nossas características”, concluiu Lugano.

 

Fonte: Gazeta  Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.