Tricolor ignora retrospecto em clássicos antes de enfrentar o Santos

O São Paulo não se apega ao retrospecto em clássicos neste ano antes de enfrentar o Santos, nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Pacaembu, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em 2016, o Tricolor contabiliza quatro derrotas, dois empates e apenas uma vitória diante de seus maiores rivais estaduais.

São duas derrotas para o Palmeiras (2 a 0, pelo Campeonato Paulista, e 2 a 1, pelo Brasileiro) uma para o Corinthians (2 a 0, pelo Paulista) e outra diante do Santos (3 a 0, pelo Brasileiro). Os empates vieram contra Peixe (1 a 1, no Paulista) e Timão (1 a 1, no Brasileiro). O único triunfo ocorreu sobre o Verdão (1 a 0, pelo Brasileiro, no dia 29 de maio).

“Se a gente for olhar o retrospecto, nos últimos cinco jogos aqui no Pacaembu, contra o Santos, a gente venceu três jogos”, analisou o zagueiro Maicon, referindo-se aos duelos de 1995, 1996, 1997, 1999 e 2016, sendo este último a derrota por 3 a 0, também no Pacaembu, pela 11ª rodada da Série A.

Maicon não se apega ao retrospecto negativo de clássicos do Tricolor neste ano (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Maicon não se apega ao retrospecto negativo de clássicos do Tricolor neste ano (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Maicon, no entanto, ignora os resultados dos clássicos da atual temporada, preferindo focar em tirar o São Paulo da atual situação em que o clube se encontra, ocupando a 14ª posição, com 36 pontos, apenas três acima da zona de rebaixamento da Série A.

“Não temos que olhar o passado, temos que fazer o agora. Espero que amanhã a gente possa dar uma resposta positiva no clássico. Não só pelo clássico, mas sim pela situação em que estamos vivendo. Vamos em busca dos três pontos para ficarmos em uma posição mais cômoda no campeonato”, explicou o defensor, durante entrevista coletiva após o treino da última quarta-feira.

Assim como no primeiro turno, o San-São acontece no Pacaembu, em função de um acordo entre as diretorias dos dois clubes. Desta vez, contudo, o mando será do Tricolor, que terá o estádio inteiro a seu favor, cumprindo a determinação do Ministério Público de São Paulo.

Questionado se não utilizar o mando de campo no Morumbi poderia virar um prejuízo para o Tricolor, Maicon vê com indiferença o local do clássico. “Não digo desvantagem, é um campo neutro entre aspas. Mas com a torcida única para nós acho que pode nos favorecer por esse aspecto. Então estaremos bem preparados independentemente de ser no Morumbi ou no Pacaembu. Tenho certeza que estaremos preparados”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Tricolor ignora retrospecto em clássicos antes de enfrentar o Santos

  1. Tem um corneteiro aqui chamado Albieri que era Adjunto do Aidar e do Juvenal. Emvelheceu e perdeu os padrões econômicos . Perdeu amigos e agora está triste. Não confie nele. Nos sócios sabemos quem é quem !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*