Tricolor amarga seu segundo maior jejum de vitórias neste Brasileirão

O São Paulo já se livrou do risco de rebaixamento, entretanto, nesta reta final de temporada a situação da equipe não é das melhores. A confirmação da permanência do clube na Série A do Campeonato Brasileiro apenas camuflou o desempenho ruim da equipe, que vem atravessando seu segundo maior jejum de vitórias na atual edição da disputa por pontos corridos. Neste domingo, o time comandado pelo técnico Dorival Jr enfrenta o Coritiba, às 17h (de Brasília), fora de casa.

Após uma ascensão meteórica, responsável por alimentar as esperanças da torcida por uma vaga na Libertadores de 2018, o São Paulo voltou a oscilar e não conseguiu superar os adversários nas últimas quatro rodadas. Foram três empates e uma derrota, resultados que evidenciaram a grande dificuldade do Tricolor de se impor ofensivamente, principalmente ao tentar furar o forte bloqueio das defesas rivais.

Antes do frustrante empate em 2 a 2 com a Chapecoense, no Pacaembu, pela 33ª rodada do Brasileirão, o São Paulo figurava em nono lugar e tinha chances consideráveis de entrar no grupo que garante vaga no torneio continental. As vitórias sobre Flamengo, Santos e Atlético-GO mudaram completamente o panorama, antes marcado pela assombração do Z4, porém, o Tricolor não manteve o nível de desempenho e voltou a tropeçar diante do Vasco, Grêmio e Botafogo.

A sequência do São Paulo só não é pior que o martírio vivido pelo clube no primeiro turno. Depois de perder o clássico para o Corinthians por 3 a 2 em Itaquera, o time ainda comandado pelo técnico Rogério Ceni também não venceu o Sport, Atlético-MG, Atlético-PR, Fluminense e Flamengo. O duelo contra os Rubro-Negros foi a gota d’água para a diretoria tricolor, que optou por sacar o ex-goleiro e ídolo do clube do comando técnico. Passada sua demissão, a equipe ainda perdeu para Santos, empatou com o Atlético-GO e somou um revés diante da Chapecoense, completando nove partidas sem somar três pontos.

Para este domingo, o técnico Dorival Jr terá a missão de conquistar uma contundente vitória mesmo sem alguns nomes importantes. Petros, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo recebido no empate em 0 a 0 com o Botafogo, não irá a campo em Curitiba, assim como Lucas Pratto, tratando uma lesão na coxa direita. Já Hernanes, que não participou dos últimos treinos desta semana, é dúvida. Em contrapartida, o zagueiro Arboleda está de volta após cumprir suspensão e deve voltar a formar o miolo de zaga com Rodrigo Caio.

Com 46 pontos, o São Paulo figura atualmente na 13ª colocação da tabela. A seis pontos do G7, o Tricolor torce para que o Flamengo se sagre campeão da Sul-Americana e o Grêmio erga a taça da Libertadores para que o Brasileirão passe a contar com um G9 e assim ter mais chances de se classificar ao principal torneio do continente. Caso contrário, precisará praticamente de um milagre para compensar a torcida que tanto sofreu com essa trágica temporada da equipe.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Tricolor amarga seu segundo maior jejum de vitórias neste Brasileirão

  1. Torcedor do São Paulo do
    está dando exemplo de CIVILIDADE !!!!!!
    Realmente, somos diferentes de outras “nações” de ignorantes
    que só pensam em depredar e bater jogadores.
    A nossa atitude foi apoiar e aplaudir os meninos transmitindo
    energia para que pudessem jogar com mais garra.
    Esse negocio de “jogar por amor ou terror” NÃO É A NOSSA LINGUAGEM!
    MAIDANA;
    Pode vir jogar tranquilo no São Paulo. O negocio da corrupção, não foi
    com voce e tu nada tem a ver o cu com as calças!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*