Sem tumulto, São Paulo desembarca na capital

São Paulo desembarcou com tranquilidade no aeroporto de Congonhas, nesta quinta-feira à tarde, após a derrota por 3 a 1 para o Fluminense, no Rio de Janeiro, na quarta à noite.

A delegação saiu pelo saguão principal do aeroporto e não houve tumulto. Alguns fãs e curiosos tiraram fotos com os jogadores.

Os argentinos Pratto e Gomez protagonizaram uma situação curiosa. Eles não acompanharam a delegação no ônibus que levou o elenco embora, pois preferiram deixar o local com uma carona.

Enquanto esperava o veículo, Pratto recebeu e atendeu pedido de fotos de motoristas curiosos que passavam pelo local de desembarque e se espantavam com a cena do atleta do São Paulo parado na calçada.

Pratto e Gomez não acompanharam a delegação porque o elenco está liberado nesta quinta, depois de treinar pela manhã no Rio de Janeiro. A reapresentação será na sexta à tarde, com treino fechado para a imprensa, no CT.

Para não voltar ao Z-4 do Brasileirão, o São Paulo precisa de pelo menos um desses resultados na noite desta quinta:

  • Sport: tem que perder para o Santos na Ilha do Retiro. Se empatar, ultrapassa o Tricolor
  • Vitória: não pode vencer o Atlético-PR, no Barradão
  • Ponte Preta: não pode vencer o Palmeiras, no Pacaembu

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Sem tumulto, São Paulo desembarca na capital

  1. atenção apocalíticos de plantão

    ponte e vitoria perderam seus jogos ,portanto o o soberano precisa apenas de um empate domingo para não entra no Z4 , e outra coisa avai x ponte domingo ,ou seja um derruba o outros

    alguém ainda acredita que o soberano cai ?kkk

    junto pra salvar o soberano

  2. Infelizmente essa é a diferença da nossa torcida que é acomodada, muitos times muito melhor que nos, com botafogo, pepas, galinhas, santos a torcida faz pressao ate no aeroporto pq empatou 1 jogo, perdeu 1 jogo e continua la em cima numa boa a nossa o time esta a beira do abismo so faltando o ultimo empurrao e a torcida nao faz nada, logico que a torcida tem que apoiar mas deve protestar, encher de faixas de protesto o estadio inteiro, queria ver se eles nao ia comecar a tremer, gritar na arquibancada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*