Sem Jadson, Ney Franco deve mudar esquema que vinha dando certo

A tarefa de montar a equipe para o jogo deste sábado, contra o Sport, não será fácil para o técnico Ney Franco. Apesar de contar com o retorno de Luis Fabiano, poupado na quarta-feira contra a LDU de Loja (ECU), o São Paulo terá de desmontar o esquema no 4-2-3-1, que proporcionou a arrancada no Brasileirão. Jadson, suspenso, não joga. Para piorar, Osvaldo é dúvida.

Sem Jadson, Ney Franco até tem alternativas para manter o esquema. Maicon e Cícero não são armadores, mas podem fazer a função. O treinador, no entanto, deve escolher Douglas como substituto. Com isso, Lucas vai para a faixa central, e Douglas, então, ocuparia a direita.

A entrada de Douglas quebra o 4-2-3-1. A formação com ele foi usada no segundo tempo da partida contra o Flamengo, no último domingo, e não funcionou. Lucas, no meio, não é armador, e encosta em Luis Fabiano como segundo atacante.

Os números recentes podem fazer Ney Franco mudar de ideia. Desde que consolidou o 4-2-3-1, com Lucas e Osvaldo nas pontas, o rendimento do São Paulo melhorou muito no Brasileirão. A primeira partida com a formação foi contra a Portuguesa, no dia 15 de setembro, e, desde então, foram oito partidas no Brasileiro, com seis vitórias, um empate e uma derrota: 79% de aproveitamento.

Jadson atuou em todas as partidas do Brasileirão até aqui. Osvaldo, que tem sido um dos principais jogadores do time na arrancada, atuou como titular nos últimos oito jogos, já com o 4-2-3-1 consolidado. Neste sábado, porém, ele pode ficar fora. O atacante passou a manhã de ontem no Reffis fazendo tratamento para dores na coxa esquerda, e não foi ao gramado. Ele está relacionado, mas Ney Franco já pensa nas alternativas:

– Osvaldo está no departamento médico, mas viaja conosco. Então está amarrado um pouco quem substitui o Jadson em função do Osvaldo não jogar. Temos Maicon, Cícero, e podemos jogar com o Lucas centralizado. Prefiro decidir isso amanhã (neste sábado) no Recife, no almoço – disse o treinador na manhã da última sexta-feira, no CT.

Se Osvaldo não passar pelos testes antes da partida deste sábado, Ney Franco deve optar por Maicon e Cícero. Pode jogar com um deles centralizado, na função de Jadson, e Douglas e Lucas pelas pontas.

Fonte: Lance
© 1997-2012 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*