São Paulo tem 58% do elenco revelado na base

Sem nenhuma contratação para 2020, o São Paulo apostou em suas categorias de base para compor o elenco para esta temporada. Dos 31 jogadores, 18 foram formados em Cotia, o que representa 58% do plantel.

O número é maior do que qualquer outro rival paulista. O Santos, com 15 jogadores revelados na base, é o que mais se aproxima do Tricolor. Veja abaixo a relação dos rivais:

  • Santos – 15
  • Palmeiras – 8
  • Corinthians – 8
Fernando Diniz conversa com elenco do São Paulo — Foto: Divulgação São Paulo

Fernando Diniz conversa com elenco do São Paulo — Foto: Divulgação São Paulo

Embora o São Paulo tenha um número grande de atletas nessa condição, apenas dois são titulares absolutos neste momento. Trata-se de Igor Gomes e Antony. Este último, inclusive, já está vendido ao Ajax e se despede no meio do ano.

Até o ano passado, o Tricolor tinha mais jogadores da base que brigavam por posição no time titular, mas acabaram perdendo espaço com o crescimento de outros mais experientes e devido ao esquema proposto pelo técnico Fernando Diniz. Foi o caso de Luan, por exemplo.

Quase uma unanimidade no time de Cuca, o volante viu Tchê Tchê tomar conta da posição e ter poucos minutos em campo em 2020. Luan tem apenas 94 minutos jogados neste ano, sendo que contra o Botafogo-SP, quando foi titular, ele atuou como zagueiro.

Outro que se vê sem espaço para estar entre os 11 titulares é Liziero. Se em 2019 muitos torcedores consideraram as lesões dele como um fator importante para oscilações da equipe, nesta temporada ele é pouco lembrado.

Fernando Diniz conversa com Liziero — Foto: Marcelo Hazan

Fernando Diniz conversa com Liziero — Foto: Marcelo Hazan

Embora tenha disputado sete dos 12 jogos de 2020 e acumulado 184 minutos em campo, Liziero pouco fez e decepcionou na oportunidade que teve de ser titular, diante do Botafogo-SP. Desde essa partida ele não teve mais chances.

O duelo contra o time de Ribeirão Preto, inclusive, foi um bom momento para os garotos da base mostrarem serviço. Naquela ocasião, o São Paulo vinha de uma viagem cansativa pela Libertadores e Fernando Diniz resolveu apostar nos jovens para enfrentar o Botafogo.

  • O time titular teve: Tiago Volpi, Diego (Lucas Fasson), Luan, Anderson Martins e Everton (Wellington); Liziero, Rodrigo Nestor e Shaylon; Fabinho (Tréllez), Brenner e Toró.

Dos nomes citados acima, apenas quatro não foram revelados na base: Tiago Volpi, Anderson Martins, Everton e Tréllez. Os demais, que poderiam impressionar o treinador, pouco fizeram e decepcionaram com a derrota por 1 a 0 e a apatia em campo.

Fernando Diniz costuma dizer que gosta de trabalhar com os jovens e não desiste dos atletas com os quais trabalha. Após o retorno do futebol no Brasil, os garotos podem ter mais espaço com o acúmulo das competições.

Rodrigo Nestor durante duelo contra o Botafogo-SP — Foto: THIAGO CALIL/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Rodrigo Nestor durante duelo contra o Botafogo-SP — Foto: THIAGO CALIL/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Veja a minutagem desta temporada dos jogadores revelados pela base:

  • Goleiros: Lucas Perri (121 minutos), Júnior (0 minuto) e Thiago Couto (0 minuto);
  • Zagueiros: Diego (73 minutos) e Walce (0 minuto);
  • Volantes: Luan (94 minutos), Rodrigo Nestor (90 minutos) e Liziero (184 minutos);
  • Meias: Hernanes (508 minutos), Shaylon (90 minutos), Gabriel Sara (0 minuto) e Igor Gomes (456 minutos);
  • Atacantes: Antony (360 minutos), Brenner (134 minutos), Toró (150 minutos), Helinho (110 minutos), Danilo Gomes (0 minuto) e Fabinho (57 minutos).

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.