São Paulo planeja mudanças em CT e pode se concentrar em Cotia

Ainda sem saber quando poderá receber os atletas para treinamentos, o São Paulo analisa as mudanças que fará em seu CT, na Barra Funda, para receber os jogadores quando houver autorização das autoridades de saúde paulistas.

O clube deverá seguir normas comuns a outros clubes em que o futebol já foi retomado após o início da pandemia de Covid-19.

Os jogadores deverão se deslocar ao CT em veículos particulares, sozinhos. Lá, não terão áreas internas à disposição para se trocar e tomar banho após o treino, por exemplo, o que farão em casa.

Equipamentos de academia, a princípio, serão colocados em uma área aberta do CT, provavelmente um local então reservado à imprensa – não há, por enquanto, previsão de abrir as atividades a jornalistas.

Algumas grades que separam os campos do CT também podem mudar de posição para definir o fluxo de entrada e saída dos atletas de cada local.

Confinamento em Cotia?
O plano da Federação Paulista de Futebol para a retomada do campeonato estadual é de confinar as delegações de cada clube em concentrações após uma bateria de testes.

Os jogadores sairiam da concentração para jogar e voltariam ao local no mesmo dia. Ainda há duas rodadas da primeira fase a serem disputada e, depois, mais quatro jogos, um de quartas de final, outro de semifinal e as duas finais.

O São Paulo ainda analisa o cenário, mas é possível que o clube utilize o CT de Cotia, das categorias de base, para esse confinamento. O local é mais afastado e tem ótima estrutura, além de estar vazio, já que os atletas de base foram dispensados durante a pandemia.

Os clubes paulistas mantêm contanto constante com a Federação Paulista de Futebol que, por sua vez, continua trocando informações com o Governo de São Paulo para definir um protocolo médico para o reinício das atividades.

O discurso uniforme é de que não haverá nenhuma movimentação dos clubes antes de as autoridades de saúde autorizarem.

O estado de São Paulo inicia nesta segunda fase uma plano de reabertura de atividades econômicas, mas o futebol ainda não estará entre os setores que poderão voltar a funcionar.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.