São Paulo joga contra marca negativa nos pontos corridos

Com a derrota para o Palmeiras por 4 a 2, no domingo retrasado, o São Paulo completou a 10ª rodada completa dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro de 2017.

A equipe igualou o seu pior desempenho desde que a competição passou a ser disputada por pontos corridos, em 2003: na edição de 2013, o Tricolor conseguiu se salvar da queda após a chegada de Muricy Ramalho, que substituiu Paulo Autuori. Na época, o time saiu do Z-4 para fechar o campeonato na nona colocação.

Na atual edição, a equipe entrou no grupo dos quatro piores pela primeira vez na 11ª rodada, quando perdeu para o Flamengo por 2 a 0. O resultado provocou a demissão do então técnico Rogério Ceni, que foi substituído por Dorival Júnior.

A esperança era de que a situação fosse melhorar, mas não foi o que aconteceu. Além da 10ª, o Tricolor permaneceu no Z-4 após o complemento das rodadas 12, 13, 14, 15, 16, 18, 19, 21 e 22.

São Paulo ocupa a penúltima colocação no Campeonato Brasileiro (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

São Paulo ocupa a penúltima colocação no Campeonato Brasileiro (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Em 2013, por causa das disputadas da Copa Eusébio, em Portugal, e da Copa Suruga, no Japão, o São Paulo teve alterada sua ordem de jogos no Brasileiro. Por isso, ficou mais três rodadas no Z-4. Mas, quando todas as equipe ficaram com o mesmo número de jogos, a equipe saiu dessa situação. Por isso, o GloboEsporte.com conta apenas 10 rodadas na zona de rebaixamento, e não 13.

Para o duelo contra a Ponte, Dorival Júnior entra na segunda semana de preparação (Foto: Agência Estado)

Para o duelo contra a Ponte, Dorival Júnior entra na segunda semana de preparação (Foto: Agência Estado)

Para não bater o recorde de permanência na 23ª rodada, o São Paulo tem que fazer a sua parte, que é vencer a Ponte Preta no próximo sábado, e torcer por uma combinação de resultados. Entre derrota do Coritiba (para o Atlético-PR) e empates de Vitória (com o Fluminense), Chapecoense (com o Cruzeiro) e Avaí (com o Sport), ao menos dois desses resultados precisam acontecer.

Diante da Macaca, Dorival Júnior não poderá escalar força máxima, já que o zagueiro Arboleda está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Além disso, outras mudanças poderão acontecer por questões técnicas. Cueva, que não vive boa fase, pode ser barrado.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.