São Paulo faz palestra no CT com sobrevivente de desastre aéreo nos Andes

departamento de futebol profissional do São Paulo teve uma palestra motivacional nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda. Carlos Paez, sobrevivente do desastre aéreo de 1972 posteriormente conhecido como “Milagre dos Andes”, conversou com jogadores, comissão técnica e funcionários.

Paez falou sobre sua experiência de sobrevivência ao time, na briga para fugir da zona de rebaixamento do Brasileirão. O Tricolor é o 19º colocado, com 23 pontos, dois abaixo do Vitória, primeiro time fora do Z-4, e enfrenta a Ponte Preta, neste sábado, às 19h, no Morumbi.

Jogadores e departamento de futebol do São Paulo tiveram palestra motivacional nesta sexta-feira (Foto: Marcelo Hazan)

Jogadores e departamento de futebol do São Paulo tiveram palestra motivacional nesta sexta-feira (Foto: Marcelo Hazan)

O acidente ocorreu na Cordilheira dos Andes, no dia 13 de outubro de 1972, quando o avião onde Carlos estava se chocou com uma montanha, devido ao mau tempo. A aeronave levava 45 pessoas, entre elas um time de rugby para um amistoso em Santiago, no Chile.

No total 16 pessoas sobreviveram e só foram salvas 72 dias depois do desastre, perto da véspera do Natal. Durante parte desse período, eles se alimentaram de carne humana dos outros passageiros que haviam falecido.

Eles foram salvos após uma parte do grupo conseguir buscar ajuda depois de uma caminhada de dias. Ano apos ano os sobreviventes se reúnem em dezembro.

Dorival Júnior e o elenco do São Paulo tiveram palestra com sobrevivente de acidente aéreo  (Foto: Marcelo Hazan)

Dorival Júnior e o elenco do São Paulo tiveram palestra com sobrevivente de acidente aéreo (Foto: Marcelo Hazan)

No dia a dia, o Tricolor conta com o trabalho da psicóloga Anahy Couto. Além de Carlos Paez, outros sobreviventes do desastre aéreo dos Andes costumam dar palestras motivacionais em empresas e eventos diversos.

Para sair da zona de rebaixamento na próxima rodada, o São Paulo tem de fazer a sua parte, que é vencer a Ponte Preta, e torcer por uma combinação de resultados. Entre derrota do Coritiba (para o Atlético-PR) e empates de Vitória (com o Fluminense), Chapecoense (com o Cruzeiro) e Avaí (com o Sport), ao menos três desses resultados precisam acontecer.

Veja as informações do São Paulo para a partida contra a Ponte Preta:

Data e horário: sábado, às 19h
Local: Morumbi, em São Paulo
Escalação provável: Sidão, Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme, Jucilei, Hernanes e Lucas Fernandes (Cueva); Lucas Pratto.
Desfalques: Arboleda (suspenso), Bruno (lesão nas costas), Araruna (aprimora a forma física após se recuperar de lesão na coxa esquerda), Morato e Wellington Nem (cirurgias no joelho, só voltam em 2018)
Pendurados: Bruno, Edimar, Hernanes, Júnior Tavares, Lucas Pratto, Lugano, Petros e Renan Ribeiro.
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ-CBF), auxiliado por Dibert Pedrosa Moisés (RJ-CBF) e Michael Correia (RJ-CBF).

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “São Paulo faz palestra no CT com sobrevivente de desastre aéreo nos Andes

  1. Esse filhos da mãe tem que dar uma volta nas praças das grande cidades e ver a quantidade de desempregados no maior desespero e assim parar com essa frescura de recuperar confiança.
    Passam o dia inteiro treinando e não conseguem se impor em 90 minutos, mas tirar o extrato do banco no final do mês não precisam de confiança.
    Com algumas exceções, o que falta para a maioria é vergonha na cara e respeito pelo clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.