São Paulo faz consulta por Calleri, mas argentino deve ficar na Europa

Em contato constante com Jonathan Calleri, o São Paulo monitora a situação do atacante e abre as portas do clube para quando o argentino quiser voltar. Mas não há nenhuma negociação em andamento para contratar o jogador neste momento.

Isso porque o São Paulo sabe que o projeto pessoal de Calleri é ficar na Europa e jogar em um grande time do continente. O clube do Morumbi recebeu essa sinalização após consultar o argentino. A ideia do jogador é continuar na Europa, pois ele acredita que pode seguir evoluir dessa maneira. Na atual temporada, ele fez oito gols em 35 jogos pelo Alavés, da Espanha. Em 2017/2018, marcou 12 vezes em 41 partidas pelo Las Palmas.

Nos últimos dias, são-paulinos passaram a se mobilizar nas redes sociais pedindo a volta de Calleri ao Tricolor, pois o atleta tem contrato de empréstimo até junho ao clube espanhol. Apesar disso, Calleri está vinculado ao Deportivo Maldonado, dono dos seus direitos econômicos, por mais dois anos e meio.

O clube uruguaio comprou Calleri por 12 milhões de dólares há dois anos e meio e segue com o plano de colocar o argentino em grandes vitrines da Europa para tentar retomar o investimento. Por isso, uma volta do atacante para o Brasil não é considerada neste momento.

Calleri ganhou a idolatria da torcida do São Paulo pela passagem meteórica em 2016, quando foi o destaque do time semifinalista da Copa Libertadores da América.

Em seis meses, ele fez 16 gols em 31 jogos e teve a música da torcida são-paulina “toca no Calleri que é gol” como marca registrada. O vídeo com o grito viraliza sempre que o nome do atacante é cotado para retornar ao São Paulo. Mas neste momento não há nenhuma perspectiva da contratação.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “São Paulo faz consulta por Calleri, mas argentino deve ficar na Europa

  1. O que irrita é ver torcedor mendigar a boa vontade desse cara voltar, sendo que ele prefere Las Palmas e Alavés ao invés de nós.
    Foda-se você, Calleri! Fica aí sendo reserva nesses times de merda!

  2. Teve site são paulino dando barrigada ontem e anunciando que Calleri já tinha assinado contrato com o São Paulo, que só faltava definir o prazo de contrato… só que a notícia era de 2016…
    Agora, voltando ao jogador, parece que o mesmo é um verdadeiro escravo de seus agentes, que obrigam ele a jogar em clubes de menor expressão na Europa, amargando a reserva na maioria dos clubes por onde passa, em detrimento de jogar como titular numa grande equipe da América do Sul, onde ele tem mercado.
    Lembro-me como se fosse hoje aquele ‘jornaleiro’ gambá, panfleteiro de partido político, defendendo com unhas e dentes o fim da lei do passe nos anos 80/90, dizendo que o jogador deveria ser livre para jogar onde quisesse, porque ele não era escravo. Ficaram muito livres, mesmo… percebe-se…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.