São Paulo descarta liberar Jadson antes do acordo entre SCCP e Pato

O Corinthians terá de apressar o acordo financeiro com Alexandre Pato se quiser escalar Jadson no clássico contra o Palmeiras, domingo, às 16h, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. A diretoria do São Paulo descarta liberar a documentação do meio-campista sem poder inscrever o atacante.

– Não posso abrir mão de um jogador sem receber outro. Precisamos zelar pelo patrimônio do clube – afirmou o vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes.

Por um acordo entre as partes, os jogadores foram autorizados a treinar em seus novos clubes, mas ainda dependem do acordo para assinarem contrato e serem regularizados. Na área de registros do site da Federação Paulista de Futebol, Jadson permanece sendo atleta são-paulino. Pato é do Timão.

As conversas se arrastam em virtude de uma dívida do Corinthians com Pato pelo não pagamento de alguns meses dos direitos de imagem. O jogador quer garantias de que receberá o montante. O Alvinegro ainda pagará metade dos vencimentos no período em que permanecer no São Paulo, cerca de R$ 350 mil.

A pressa para resolver o problema é toda do Corinthians. O técnico Mano Menezes deixou claro que pretende usar o armador o mais rápido possível, já que tem poucas opções para o setor após a saída de Douglas para o Vasco. A ideia dele é colocá-lo em campo no dérbi do fim de semana, o que dificilmente acontecerá.

Como fez mais de três partidas pelo Timão, Pato não poderá atuar pelo São Paulo no estadual. A estreia dele só acontecerá no dia 12 de março, contra o CSA, em Maceió, pela primeira fase da Copa do Brasil.

– Isso (demora) não nos traz prejuízo pelo fato de o Pato não poder jogar o Paulista. Mas queremos finalizar o assunto – disse Jesus Lopes.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*