São Paulo agradece Kaká e enaltece legado deixado pelo meia

Após o anúncio de Kaká que decidiu se aposentar ao fim de seu contrato com o Orlando City, o São Paulo fez questão de homenagear o jogador. O clube, que planejava contar com o futebol do meia na próxima temporada, enfatizou seu caráter dentro e fora dos campos, crendo que ele deixou um legado por conta de sua conduta ao longo da carreira.

“Quando param de jogar, ídolos não se aposentam, entram para a história. Mais que gols e títulos, o que fica é o legado de dedicação, profissionalismo e carinho. Obrigado por ter feito parte de momentos tão especiais. As portas da sua casa estarão sempre abertas”, escreveu o São Paulo.

View image on Twitter

Quando param de jogar, ídolos não se aposentam, entram pra história. Mais que gols e títulos, o que fica é o legado de dedicação, profissionalismo e carinho. Obrigado por ter feito parte de momentos tão especiais. As portas da sua casa estarão sempre abertas, @KAKA 

Revelado pelo clube, Kaká despontou como jogador profissional em 2001. Dois anos depois, foi vendido ao Milan, onde viveu seu auge como jogador de futebol, sendo eleito, inclusive, o melhor jogador do mundo pela Fifa em 2007, ano em que conquistou a Liga dos Campeões e também faturou a Bola de Ouro, prêmio promovido pela revista francesa France Football.

Após o fim de seu contrato com o Orlando City, clube pelo qual jogou nas últimas três temporadas, Kaká era um desejo do presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para a próxima temporada. Com o fim da trajetória de Diego Lugano no Morumbi, o mandatário tricolor acreditava que era preciso contar com outro ídolo no elenco, entretanto, ele não conseguiu convencer o meio-campista a retornar.

Com a camisa do São Paulo, Kaká entrou em campo 113 vezes, marcando 50 gols. O único título que o meia possui como jogador do Tricolor é o Torneio Rio-São Paulo de 2001, quando venceu o Botafogo na grande decisão, marcando, inclusive, os dois gols da partida de volta (2 a 1), no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “São Paulo agradece Kaká e enaltece legado deixado pelo meia

  1. Diretoria inútil. Deixou passar uma oportunidade única. Pinotti e Márcio Aith tinham obrigação de se mexer e trazer Kaká para jogar o Paulista. Uma campanha nos últimos jogos do Brasileiro, com os estádios lotados, teria sensibilizado o craque. Infelizmente, a incompetência reinou mais uma vez.

    É esse cara que vai vender o “picolé de chuchu” no Norte e Nordeste? Coitado do Geraldo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*