Rogério Ceni analisa clássico: “Chance que temos para voltar ao G-4”

Um jogo que vale muito mais do que três pontos. É dessa maneira que o goleiro e capitão Rogério Ceni trata o clássico de domingo, contra o Palmeiras, às 16h, no estádio do Morumbi, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de ser um clássico, o Choque-Rei também vale uma vaga no G-4 do torneioque, no momento, é o grande objetivo das duas equipes.

Na temporada, o Alviverde não traz boas recordações. Afinal, em duas partidas disputadas na Arena Palmeiras, o Verdão venceu por 3 a 0 e 4 a 0. Para Ceni, agora será escrita uma nova história e, por isso, o São Paulo precisa fazer de tudo para conquistar a vitória.

– Nós temos 42 pontos, o Palmeiras tem 44, e é a chance que temos de voltar ao G-4 e brigar por uma vaga na Taça Libertadores do ano que vem. Não estar no principal torneio do continente altera demais o planejamento de qualquer equipe, seria um prejuízo muito grande.  É um clássico que será muito disputado. Dentro do Morumbi, o mandante tem a maior obrigação, precisamos ultrapassar o Palmeiras – afirmou.

Pelo planejamento traçado pela comissão técnica, um time misto enfrentou e perdeu para o Avaí para que a equipe principal tivesse condições de enfrentar Vasco e Palmeiras. Só que, como a equipe fez 3 a 0 no rival carioca e encaminhou sua classificação na Copa do Brasil, surgiu a possibilidade de ser escalado um mistão na partida de volta, em São Januário. Questionado sobre o assunto Ceni deixou a decisão para o técnico Juan Carlos Osorio.

– Normalmente é amanhã (sexta-feira) que ele conversa com o grupo todo, mas eu acho que a prioridade é sempre o próximo jogo. Temos a prioridade de vencer, acho que vamos com a melhor formação que possa ter, é um jogo muito importante, todo mundo gosta de jogar – ressaltou.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Rogério Ceni analisa clássico: “Chance que temos para voltar ao G-4”

  1. O Rogério fala bem e tem credibilidade, por isso deveria em tempo de crise, aparecer mais nos meios de divulgação para dar uma amenizada a situação e nossos diretores aparecer o mínimo possivel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*