Rodrigo Caio perde status de titular no São Paulo

Após passar por cirurgia no pé esquerdo em maio, Rodrigo Caio se prepara para voltar a jogar após a Copa do Mundo. Esforçado, ele treina em dois períodos diários no CT da Barra Funda. O futuro do zagueiro, no entanto, é incerto. tendência é ele deixar o São Paulo nesta janela de transferências. Até o momento, segundo apurou o UOL Esporte, o defensor recebeu apenas sondagens, sem propostas oficiais.

Por outro lado, sua situação no São Paulo mudou. Antes considerado titular absoluto na dupla de zaga, ele viu Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves mostrarem serviço e ganharem a confiança do técnico Diego Aguirre. Por isso, quando receber a liberação do departamento médico para voltar a jogar, o defensor deve ficar na reserva.

O retorno ao time titular poderia acontecer com uma mudança no esquema tático – caso Aguirre escale o time com três zagueiros e Rodrigo Caio mais centralizado. Outra opção seria ele atuar no meio de campo, como primeiro volante. Porém, o time está equilibrado no sistema utilizado nas últimas partidas, com apenas dois zagueiros e Jucilei e Hudson na proteção da defesa.

Apesar de o São Paulo já ter ultrapassado a meta de R$ 90 milhões prevista para este ano com a venda de jogadores (como publicou o UOL Esporte, o clube já alcançou R$ 108,5 milhões com transferências), a saída de Rodrigo Caio ainda está nos planos. Em outras oportunidades, o jogador também demonstrou interesse de atuar no exterior após a Copa do Mundo da Rússia.

Nas últimas janelas de transferência, Rodrigo Caio ficou muito perto de acertar a sua saída do São Paulo. Em 2015, chegou até a viajar para a Espanha para para fechar com o Valencia ou com o Atlético de Madrid. Em 2017, foi alvo de proposta do Zenit, da Rússia, e já no início desse ano foi procurado pelo Real Sociedad, também da Espanha.

 

Fonte: Uol

10 comentários em “Rodrigo Caio perde status de titular no São Paulo

  1. Não sou defensor público nem privado do Rodrigo Caio. Só quero deixar, aqui, minha opinião sobre o fato de todo mundo estar satisfeito com o desempenho dos três zagueiros que ficaram na ausência do Rodrigo.
    O time veio crescendo nas mãos do Aguirre, por quem não morro de amores, e aproveitou bem, inclusive, o imponderável, que há muito não vinha sendo favorável. Aproveitou, também, o fato de ter pego uma tabela mais leve no períodol. Tudo isto junto, aliado à confiança que bons resultados deixam, deixou a impressão boa no time e, especialmente, na zaga.
    Agora chegou a fase do “fala verdade”; do quanta “latas vazias” vamos ter para entregar.
    Espero que, ao fim dos próximos 5 jogos, tenhamos, todos, a mesma opinião sobre a firmeza de nossa zaga sem o Rodrigo Caio. Se isto acontecer só restara a ele treinar e ficar no banco a espera de nova chance para ser aproveitada. Não acho que o Bruno Alves e o Anderson Martins são “isso tudo”, a ponto de podermos desprezar o jogador Rodrigo Caio, e vou esperar pra ver…

  2. Não será titular (pelo menos espero), mas será um jogador muito importante. Hoje só temos 3 zagueiros que podemos confiar, pode se pensar em Militão tbm, mas a última vez que vi ele jogar como zagueiro foi em um jogo com o Ceni e mesmo assim foi mto mal, precisaria de uma readaptação e é uma incógnita nessa posição, acho que nem o Aguirre pensa nele como zagueiro, nunca li nada a respeito dele treinando no miolo de zaga.

    Hoje se perdermos um zagueiro por contusão e outro por um terceiro amarelo, sem o Rodrigo Caio, o Aguirre entraria com o lateral esquerdo improvisado como zagueiro. O Rodrigo Caio vai ser importante para o resto do campeonato, aí sim estará na hora de sair, lá no fim do ano e tragam outro jogador para repor, não dá para ter só 3 zagueiros no grupo.

    E por favor, nem pensem em colocar o Lucão aqui novamente.

  3. Fim do ciclo como já disseram, aliás nem deveria ter havido ciclo. Não há mais o que fazer, vendam, mas jamais coloquem esse Nutella para jogar. Ele não joga na várzea de SP!

    Esse enganou bem a muitos e claro que tem um ótimo empresário, mas acho que nenhum time vai pagar 30% da multa dele, cabe ao SPFC ser inteligente e vender antes que se torne no mercado um novo Lukão!!!

  4. Deveria disputar vaga como volante, como já jogou antes. Acho que o Barolo identificou bem o problema deste jogador na zaga. É bom zagueiro e faz bons desarmes, mas passa muita insegurança para o restante da defesa. É afobado e isso influencia em jogos decisivos. Se ficar em uma posição menos exposta como o meio campo pode render mais.

  5. Nunca fui fã do seu futebol, mas é um rapaz que ao menos merece o respeito da torcida, já que mesmo não conquistando nada pelo SPFC, e ninguém conquista algo sozinho, jogou na pior década da história do SPFC, pior do que o tempo de seca de títulos na construção do Morumbi e certamente com os piores dirigentes e conselheiros da história vitoriosa do SPFC.
    Sw ficar acho que pode ser útil e mereceria sair do SPFC com ao menos um título na bagagem.
    Depois do Oscar, Piazon, Cipriano e Militão, todos sem a mínima consideração à instituição SPFC, tenho respeito ao R.Caio e desejo sorte à ele nesta retomada pós lesão, e que se ficar no SPFC que seja campeão.

  6. Acredito que o ciclo de Rodrigo Caio se encerrou no São Paulo, o melhor para o jogador e para o clube é que ele consiga esta transferência nesta janela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*