Rodrigo Caio admite chateação por reserva: “Estava jogando bem”

Após a divulgação dos 11 titulares selecionados para a partida do São Paulo contra o River Plate-ARG, a maior surpresa certamente ficou por conta da ausência de Rodrigo Caio entre os zagueiros, algo que aconteceu por opção da comissão técnica pela primeira vez na atual temporada. Tido como dono da posição devido à presença constante na Seleção olímpica e a diversos elogios que recebe no clube, ele admitiu que ficou chateado com a opção de Edgardo Bauza por Lugano e Maicon.

“Claro que sim (fiquei chateado). Ainda mais porque eu acredito que tenho condições de jogar, mas é decisão do treinador e eu tenho que respeitar. Ele é o chefe e eu tenho que acatar o que ele determina”, disse o defensor à Gazeta Esportiva no desembarque da equipe no Aeroporto Internacional de Guarulhos, nesta sexta, sempre apresentando um semblante calmo para dar entrevistas.

De acordo com o jogador, que tentou se policiar ao máximo para não deixar transparecer insatisfação com o comandante, a alegação de Patón para sacá-lo do duelo mais importante do ano até o momento teve a experiência como ponto principal. Aos 22 anos, ele foi considerado um jogador menos preparado para o embate do que Maicon, 27, e Lugano, 35.

“Eu tive uma conversa com ele, acredito que foi a mesma coisa que ele passou para vocês (jornalistas). Foi uma questão de experiência. Num primeiro momento a gente fica chateado, eu estava bem, tendo boas atuações, fiquei pensando por que (saiu do time). Mas o importante é que a gente conseguiu um empate numa partida muito difícil”, bradou o jogador.

Provável titular na partida contra o Palmeiras, no domingo, pela nona rodada do Campeonato Paulista, Rodrigo também avaliou a inconstância da equipe, que apenas cinco dias antes de encarar de igual para igual o River havia perdido por 3 a 1 do São Bernardo, em pleno Pacaembu. O Choque-Rei será disputado neste domingo, às 11h (de Brasília), no próprio estádio municipal.

“Claro que a gente fica triste por isso (time inconstante), gostaríamos que o time se encaixasse o quanto antes para que não acontece isso. Mas tem que trabalhar para melhorar cada dia mais e ir em busca da classificação tanto na Libertadores quanto no Paulista”, concluiu o jogador.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

6 comentários em “Rodrigo Caio admite chateação por reserva: “Estava jogando bem”

  1. mais uma vez peço desculpas a todos por não falar d e futebol

    gente domingo é um dia muito importante para a democracia brasileira ,por isso eu peço a quem for protesta faça de maneira ordeira e sem violência e principalmente respeitando a opinião do outro que seja contraria a sua .

    boa democracia a todos

    pra sempre soberano

  2. Até que vc joga bem mais vc tem de entender que zagueiro bom tem de dar balão pra frente de vez em quando as vezes salvar um gol vale mais do que faser e outra qualquer um dos dois pra vc ser reserva deles nau é demérito pois eles ja tem história vc está criando as sua nau briga com técnicos e da uma balanceada nestes caras ai olho no olho pra eles ter sangue nos olhos entrar ligados ai ganharemos

  3. Se liga …joga mais e fala menos…e para de tumultuar o ambiente, pode jogar bem até ser craque. .mas se tumultuar e desagregar grupo tem que estar fora de qualquer equipe, isso é nas empresas e tbm no futebol…empregado assim São Paulo não precisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*