Régis toma terceiro amarelo, mas Bruno Peres e Everton podem voltar

O primeiro cartão amarelo apresentado nesse sábado, durante o confronto entre São Paulo e Bahia, no Morumbi, foi certeiro. Régis, que estava pendurado, acabou advertido ainda no primeiro tempo e, por isso, não poderá ajudar o Tricolor no próximo domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro.

De cara a preocupação tomou conta dos torcedores tricolores, já que Bruno Peres foi diagnosticado com um estiramento muscular na coxa direita. Diego Aguirre, no entanto, amenizou a tensão ao mostrar otimismo não só com o retorno do lateral.

“Tenho esperança que podem voltar, tanto o Bruno (Peres) quanto o Everton. Terça ou quarta devemos ter uma posição mais certa”, avisou o treinador uruguaio.

Bruno Peres acabou se lesionando contra o Fluminense e, desde então, está entregue ao departamento médico. Ficou de fora das partidas contra Atlético-MG e Bahia. Everton, que sofreu a mesma lesão, mas na coxa esquerda, não atua desde o duelo com o Ceará, há três rodadas.

Além da possibilidade apontada por Aguirre sobre a dupla, é certo que Reinaldo, Arboleda e Luan estarão de volta. O lateral esquerdo cumpriu suspensão no sábado, enquanto o zagueiro e o jovem volante retornam ao clube depois de servirem a seleção equatoriano e brasileira sub-20, respectivamente.

As maiores incógnitas pairam sobre Araruna e Rodrigo Caio. O primeiro sofre com uma tendinite no calcâneo esquerdo. O zagueiro, fora de ação desde 22 de abril, trata um trauma no joelho direito, mas já está trabalhando com bola.

O São Paulo terá toda a semana livre para preparar o time de olho no clássico da 25ª rodada do Brasileirão. O elenco ganhou dois dias de folga e só volta aos trabalhos na terça-feira à tarde.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*