Raí garante Diniz, mas admite insatisfação com o trabalho

Raí, diretor de futebol do São Paulo, disse após a derrota por 3 a 0 para o Grêmio que a ideia da diretoria é manter Fernando Diniz como treinador, mas com uma ressalva: o clube não está completamente satisfeito com o trabalho, já que a vaga na fase de grupos da Libertadores já poderia estar assegurada.

– Nenhuma mudança. A ideia é essa, que ele permaneça. O que acontece é que a gente poderia ter se classificado já para a fase de grupos. Se isso não aconteceu, a gente não está completamente satisfeito. Mas quem está mais insatisfeito é o próprio Fernando Diniz, além do grupo. Tem que ser uma responsabilidade compartilhada entre todos nós. Tem um trabalho que está sendo bem feito. Obviamente não tem ainda a regularidade que gostaríamos que tivesse, mas acreditamos bastante na sequência do trabalho – disse Raí.

Diniz acumula seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas em 15 partidas à frente do São Paulo (48,8% de aproveitamento). O índice é pior do que de seu antecessor, Cuca, que obteve 55,5% dos pontos em 21 rodadas do Brasileirão. O time está em sexto lugar no Brasileirão e depende de uma vitória sobre o Internacional, na quarta-feira, às 21h30, no Morumbi, para garantir-se na fase de grupos da Libertadores – a vaga na fase preliminar foi assegurada neste domingo graças à derrota do Goiás para o Fortaleza.

– Pressionado o São Paulo sempre vai estar. Começamos o campeonato pensando em título e agora o mínimo que a gente tem que conseguir é a fase de grupos. Depende só da gente, um jogo em casa – acrescentou Raí.

Embora diga que a ideia é manter Diniz, o próprio diretor de futebol não está garantido no clube em 2020. Ele fica sem contrato no fim do ano e o presidente Leco tem sofrido pressão até de aliados para não renovar. Ao contrário de outros momentos, o presidente não assegura que vá bancar o ídolo no cargo.

– Por enquanto o mais importante é o São Paulo se classificar para a fase de grupos. É quase uma obrigação na situação em que a gente está. Tendo ainda a oportunidade nas nossas mãos. O foco é todo nisso, 100% nisso, não vamos pensar em nada além disso – despistou Raí, que classificou a oscilação como maior problema da equipe.

– Muitos altos e baixos. Realmente o time ficou abatido. Quando você tem momentos de vazio como nós tivemos, contra um time como o Grêmio, eles acabam matando o jogo. É decepcionante. Agora a responsabilidade é nossa de ir buscar essa classificação direta. O torcedor está triste, nós estamos chateados também, mas depende só da gente. É trabalhar esse lado psicológico. Hoje teve um momento em que o Grêmio matou o jogo. Isso não pode acontecer nunca mais.

Raí também falou sobre as declarações recentes de Daniel Alves, que disse ver “partidos políticos” dentro do São Paulo e classificou a situação como “ridícula”.

– Obviamente que a responsabilidade é compartilhada. Só quem pode tirar o São Paulo dessa situação é quem está aqui dentro. Obviamente cada um é livre para dar sua opinião, mas cada um também cumpre com sua responsabilidade. O grupo é capaz de cumprir com sua obrigação. Independentemente dos problemas do São Paulo, que não são novos, temos condições e qualidade de sobra para conseguir essa classificação

 

Fonte: Lance

6 comentários em “Raí garante Diniz, mas admite insatisfação com o trabalho

  1. Rai e cia vcs acham isso obrigação e meta é muito?

    Nos achamos isso uma vergonha ter isso como meta, muito pouca pela grandeza e pelos títulos conquistados, eu teria vergonha de falar isso é da má gestão leco e cia, pq o leco não vem a público por a cara a tapa como fez o do Palmeiras?
    A continuar assim 2020 será mais um ano vergonhoso pq o planeamento ja esta errado.

  2. Time de vagabundos que mandam e desmandam soh podia dar nisso.
    Um dirigente que aceita a opinião de jogadores pra contratar técnico eh sinônimo de incompetência e fraqueza .
    Pior de tudo eh que os vagabundos nem ao menos se esforçam pra manter esse péssimo treineiro, afinal, fazer esse papelão de ontem e de outras terríveis apresentações,
    eh zombar da cara do torcedor.
    Cuca e Mancini foram os únicos que tiveram vergonha na cara e pediram pra sair, Cuca porque viu que desse bando de VAGABUNDOS não dá pra extrair nada e o Mancini que viu que os vagabundos eh que mandam, afinal um diretor que aceita a opinião de jogadores, demonstra que eh um fraco mesmo.

  3. Sem ilusão, com Leco e Rai, pode até ir a Libertadores para ser saco de pancada. Diniz é decorativo e os boleiros dão as cartas. Quem sofre é o torcedor que não consegue entender como pode ser tão ruim um time com jogadores tão caros

    • Raí vive num mundo paralelo. Tem que ir atrás de um técnico de verdade pra ontem! E mandar uma barca de jogadores vagabundos embora.
      #ForaLeco
      #ForaRaí
      #ForaDiniz

  4. Time de merda salários em dia não dão sangue pelo clube rai vaza se continua assim ano que vem varios vexames de novo e ver a bista do Flamengo leva tudo de novo .

  5. Rai, só pra vc ver a merda que esta o São Paulo FC, vamos esquecer derrotas fora de casa temos 57 pontos, perdemos 3 pontos para o Goias, perdemos 3 pontos para o Atletico PR, perdemos 3 pontos para o Fluminense, todos em casa e com obrigação de ganhar, ja estariamos bom 66 pontos, ai vc tem dois empates besta em casa contra Palmeiras e CSA, em jogos que estavam ganhos, até ai estariamos com 70 pontos classificadissimos para a libertadores.
    Agora é analizar e fazer a limpa no elenco e vc dando lugar para alguem mais capacitado.
    Vou dar um nome e bom para subistituir vc Jose Roberto, o técnico de volei, competentissimo na area de esportes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.