Perto do Majestoso, Ganso “nem pensa” em perder e enaltece elenco

“Não pensamos em derrota”. É com esse espírito que Paulo Henrique Ganso entrará em campo no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), para enfrentar o Corinthians, na Arena, em Itaquera. O camisa 10 garante que o São Paulo não pode mais nem pensar em perder, caso ainda queira brigar para alcançar o líder Cruzeiro e conquistar o título do Campeonato Brasileiro.

“A expectativa é que o São Paulo possa vencer. Sair de lá com os três pontos. Temos que chegar junto na medida, para não ser expulso. Já estamos mantendo essa postura. É claro que o Rogério Ceni é um líder na nossa equipe, mas independente disso, se ele vai jogar ou não, clássico não tem favoritos e vamos com tudo”, disse PH Ganso durante um evento em São Paulo, na última quinta-feira.

A derrota na última quarta-feira para o Coritiba não anulou em hipótese algumas as chances do Tricolor em conquistar o caneco, segundo o camisa 10. Ganso acredita que o elenco fortíssimo do São Paulo ainda pode prevalecer dentro de campo e classificou o revés como “coisas que acontecem durante o Brasileirão” e afirmou que tenta sempre levar as críticas para o lado positivo.

“A derrota não compromete de maneira nenhuma a briga pelo título. São três vitórias que nos separam da liderança e vamos manter o ritmo para consegui-las. A ausência do Kaká combinada com a derrota é uma coincidência. O time acabou não vencendo. Mas é só coincidência. Eu já estive fora e o time perdeu. Domingo será a vez do Pato. Tomara que possamos vencer sem o quarteto. Até porque são 11 jogadores e não só quatro”, disse referindo-se à suspensão de Kaká no último jogo e ausência, graças às cláusulas contratuais, de Alexandre Pato no clássico do próximo domingo.

Sem mágoas por não ter sido convocado à Seleção Brasileira, Ganso garante que ainda tem muito o que ser feito no São Paulo e não desanima mesmo com a grande distância imposta pelo Cruzeiro na liderança.

“Eles estão com uma boa vantagem, mas não podemos desanimar. O São Paulo vai brigar pelo título sempre. Não pensamos em derrota, só pensamos em vencer. A dupla de volantes, os zagueiros, laterais, Álvaro, Auro. Desde a parte defensiva, estamos mantendo um excelente nível de marcação. A última derrota foi algo que pode acontecer, faz parte do campeonato. Somos um grupo unido”, finalizou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.