Na volta ao Morumbi, São Paulo pega o Bahia de olho na Libertadores

Após usar o Pacaembu nos últimos cinco jogos como mandante, o São Paulo retornará finalmente ao Morumbi neste domingo. A partir das 17 horas (de Brasília), ainda com um fio de esperança em disputar a Copa Libertadores de 2018, o time tricolor fará um confronto direto com o Bahia, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

Reservado para shows entre outubro e novembro, o estádio são-paulino receberá a equipe no 12º lugar, com 49 pontos, livre do risco de rebaixamento e classificada à Copa Sul-Americana de 2018, portanto. Embalados pela vitória sobre o Coritiba, os tricolores, no entanto, sonham em conquistar uma improvável vaga na próxima Libertadores.

“Temos de fazer nossa parte. Ainda assim, precisaremos de uma combinação. A primeira situação é fazer a sua função. Depois disso, aguardamos”, disse o técnico Dorival Júnior, que terá alguns desfalques para o duelo com os baianos.

Com estiramento na coxa direita, Hernanes e Lucas Pratto continuam fora. A tendência, assim, é que os garotos Shaylon e Brenner permaneçam na equipe, que contará com o retorno de Petros, livre de suspensão. A partida diante dos baianos marcará a despedida de Diego Lugano como jogador do São Paulo. O zagueiro uruguaio será homenageado com a titularidade, enquanto Arboleda iniciará o confronto no banco de reservas.

Com o embate repleto de atrações para os são-paulinos, a diretoria comercializou os ingressos de arquibancadas ao preço simbólico de R$ 1. “Voltando ao Morumbi, natural que tenhamos um grande público e esperamos fazer uma grande partida diante do nosso torcedor. E encerrarmos a competição numa condição diferente em relação ao que aconteceu anteriormente”, completou Dorival.

No Bahia, o pensamento é parecido com o do São Paulo. Assim como o próximo rival, a equipe nordestina soma 49 pontos, mas figura na 11ª posição por ter vantagem no saldo de gols, e também possui chances remotas de disputar a Libertadores em 2018. A situação, porém, poderia ser melhor se não tivesse perdido para a Chapecoense, em casa, na rodada passada.

“Tem muita coisa em jogo. Temos vontade de vencer o São Paulo no Morumbi e vamos lá para isso. Não temos mais nada a perder. É o momento de ir lá, dar o melhor e aí vamos depender de outros resultados”, bradou o zagueiro Tiago.

A exemplo do colega Dorival Júnior, o técnico Paulo César Carpegiani tem problemas para montar a equipe. São dois os desfalques, ambos por suspensão: o lateral direito Eduardo e o meia Zé Rafael. Assim, a tendência é que o zagueiro Eder atue improvisado na direita e Régis integre o meio-campo do Bahia.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X BAHIA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 3 de dezembro de 2017, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho e Cristhian Sorence (ambos de GO)

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Diego Lugano, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei; Marcos Guilherme, Petros, Shaylon e Cueva; Brenner
Técnico: Dorival Júnior

BAHIA: Jean; Eder, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Allione, Régis e Mendoza; Edigar Junio
Técnico: Paulo César Carpegiani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*