Muricy pede Ceni de cabeça erguida contra a crise no São Paulo

Muricy Ramalho tem um recado para Rogério Ceni. O ex-técnico e agora comentarista do SporTV não quer ver o atual treinador do São Paulo de cabeça baixa por conta da crise na equipe do Morumbi. Tricampeão brasileiro pelo time, em 2006, 2007 e 2008, ele lembra que os jogadores têm de ver Ceni como um exemplo de liderança. E, para isso, confiança é fundamental.

– Os jogadores têm muita confiança no técnico, que vai dar o retorno no dia-a-dia. O Rogério tem esse perfil trabalhador e é respeitado pelos atletas. Ele é um exemplo para os jogadores. Se mostrar insegurança isso passa para o time. Tem de mostrar a confiança que sempre teve e encaixar uma vitória ou duas. Aí muda tudo. Não tem outra saída, a não ser ter paciência com ele mesmo…

– Ele tem de seguir com a convicção, continuar com o bom ambiente para reverter o quadro e concentrar na vitória. O bom técnico aparece nesse momento ruim, ainda mais para ele que está aprendendo. Está sendo muito bom ter essa experiência. Sentiu momentos bons e ruins. Vida de técnico é isso: altos e baixos – disse Muricy.

Muricy disse entender as atitudes de Ceni no vestiário, onde deu bronca nos jogadores e chutou um quadro no intervalo do Majestoso pela semifinal do Paulista. O próprio ex-técnico apontou o local como lugar correto para cobranças dessa maneira, apesar de reconhecer ser difícil impedir o vazamento de informações em times grandes.

– Como técnico você fica muito concentrado, e o Rogerio é focado no seu quadro do intervalo. Só tem o foco nos jogadores. Tem muita gente ao redor. Você não tem ideia do que está acontecendo, porque sempre acreditamos nas pessoas. O que mais irrita a gente, como irritou a ele também, é que as pessoas não falam na hora…

– Sempre esperam o momento ruim. É normal o cara entrar no vestiário nervoso. Todo treinador faz isso. Não pode fazer em público quando alguém erra porque aí entrega os jogadores. Claro que quando entra no vestiário você desabafa. Ali é o lugar para fazer gesto, falar mais alto. Ele estava desabafando, nada mais do que isso – comentou – ex-treinador.

Para conseguir a vitória citada por Muricy, Ceni fechou os treino táticos do São Paulo de sexta-feira e sábado. E fará o mesmo na tarde deste domingo, véspera do duelo contra o Avaí, na segunda-feira, no Morumbi, pela segunda rodada do Brasileirão. Na estreia, derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro.

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Muricy pede Ceni de cabeça erguida contra a crise no São Paulo

  1. O grande problema do Muricy foi que ele não se atualizou, teimoso ao extremo se tivesse feito contrário poderia estar no auge, problema de saúde o atrapalhou tb.
    RC pode seguir seus passos mas não deveria começar no são Paulo, Muricy veio depois de ter experiência.

  2. Sempre gostei do Muricy, na sua última passagem, além de problemas físicos pegou um time de come e dorme para dirigir.
    O Rogério mostrou medo no jogo contra o Palmeiras e passou para os jogadores, estamos sofrendo com isso até hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*