Muricy exalta garra, acha empate justo e tira onda com “regras” de Mano

O técnico Muricy Ramalho elogiou a determinação do São Paulo para buscar o empate contra o Corinthians, neste domingo, na Arena Barueri, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador acredita que nenhum dos times mereceu vencer o Majestoso e ainda aproveitou para brincar com Mano Menezes, com quem viveu uma polêmica recentemente.

– O primeiro tempo foi muito chato. Só no final que tivemos lances de um lado e de outro, mas é muito pouco. No segundo tempo, o gol (do Corinthians) ajudou, todo mundo se abriu e foi mais bonito. Tivemos um bom volume de jogo. Apesar de termos jogado na quarta, o time se manteve forte na parte física e foi para cima. Acho que o resultado foi justo. Foi um jogo muito igual. O empate mostrou o que foi o jogo. Ninguém mereceu ganhar.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva:

GANSO
– É o que ele tem de fazer, participar um pouco mais. É o jogador que faz a ligação.

BRONCA EM BOSCHILIA
– Aqui não é o Juvenil, o amador. É profissional. Quando você manda um cara fazer uma função, tem de fazer. Tomamos o gol por essa função. Ele não está em Cotia, está no CT da Barra Funda. Aqui é muito grande. Não pode entrar tão desligado. A bola lateral era para o Corinthians, e ele estava em cima do Pabón na direita. Fazendo o quê? Os meninos têm de ser mais concentrados. Não pode entrar mais ou menos.

CAMPANHA
– Não estamos pegando times mais ou menos. É só pedreira. O time está dando mais resposta do que ano passado. Não ainda no futebol, mas em comprometimento. A maneira que estamos encarando é bem diferente do ano passado. O time não desiste, vai para cima. No futebol, estamos devendo um pouco ainda, mas isso nós consertamos.

MAIS REFORÇOS
– Tenho um grupo e preciso cuidar bem dele. Falar aqui de posições é ruim. Não adianta termos 40 jogadores e não usar, como no ano passado. Se vier, tem de ser para as posições que precisamos. Não são muitos.

ESCOLHA POR BARUERI
– O que a gente vê são as condições do estádio. São excelentes. Escolhemos por isso. É bom para jogar futebol. Para o público, um lugar central como o Pacaembu é melhor. Mas, até a inauguração do estádio (Arena Corinthians), o Pacaembu é do Corinthians

CUMPRIMENTAR MANO
– Ele colocou as regras. Eu tenho de ganhar do Ituano, tenho de ir cumprimentar porque sou mandante (risos). Eu vou cumprir, não tem problema. Temos de valorizar as coisas positivas. Vivemos em um país de coisas ruins. Aquilo lá passou.

FUTEBOL DO TIME ATÉ AGORA
– Não é o que eu esperava, mas até esse momento (da temporada) está bom.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*