Luiz Araújo vibra com respaldo de Ceni no São Paulo: “Pediu para eu ficar”

Decisivo para o São Paulo vencer o Santos por 3 a 1 no clássico de quarta-feira, na Vila Belmiro, Luiz Araújo justificou a confiança do técnico Rogério Ceni. Bancado pelo treinador, o atleta alvo de proposta de R$ 20 milhões do Lille, da França, ficou no Morumbi e retribuiu os elogios do chefe com dois gols.

– O primeiro ano no profissional foi de aprendizado para me firmar. Esse segundo ano com o Rogério Ceni vem sendo muito especial pela confiança dele em mim. Ajuda a fazer meu papel dentro de campo com tranquilidade. O São Paulo é a minha casa, onde eu apareci para o futebol. O Rogério pediu para eu ficar (no Brasil) e conversou muito comigo. Europa vai acontecer naturalmente. Se continuar fazendo boas partidas vai aparecer time da Europa e eu vou realizar o sonho de jogar na Europa – disse Luiz Araújo.

No San-São, Araújo entrou no segundo tempo, no lugar de Neilton, e mudou a história do clássico. Nos contra-ataques, marcou duas vezes e quase ajudou o Tricolor a fazer o quarto, ao servir Gilberto, cuja finalização foi afastada do gol santista em cima da linha por Thiago Maia. A vitória serviu para encerrar um tabu: desde 2009 o São Paulo não vencia no estádio do rival.

– Estou muito feliz por ter feito dois gols, quebrado um tabu de anos do São Paulo sem vencer aqui. É um gostinho a mais por ganhar do Santos na Vila Belmiro – disse.

 Luiz Araújo Santos x São Paulo (Foto: Futura Press)Luiz Araújo comemora gol do São Paulo contra o Santos: atacante brilhou na Vila Belmiro (Foto: Futura Press)

As decisões de Araújo foram elogiadas por Ceni. A velocidade, principal característica do atacante, e as finalizações certeiras receberam destaque. Relembrado sobre a declaração de que o jogador de 20 anos tem potencial para valer o dobro dos R$ 20 milhões oferecidos pelos franceses, o treinador disse que o quer no Morumbi.

– Fico muito contente com o Araújo. Quando falaram da venda do Neres…desde que cheguei, no ano passado, acompanho os jogos da base e vejo muito potencial nele. É um velocista nato e que precisa tomar decisões melhores no quarto final de campo, como fez. E ainda fazendo gols… quando faz gols o jogador se valoriza bastante. Mas não penso nele para venda e sim pelo São Paulo. Aliás, penso em todos para ficar no São Paulo. Não gostaria de trazer jogadores lá de Cotia para vender. Sei das necessidades do clube, mas quem sabe com bons resultados a gente também consegue outros tipos de receita e mantém o jogador por mais tempo aqui. A tomada de decisão na função que ele joga mostra o valor que tem. É saber fazer na cara do gol. Fico muito feliz por ele ter ficado e melhorado nessa tomada de decisão – disse Ceni.

Embalado, o São Paulo e Rogério Ceni esperam o Morumbi cheio para enfrentar o Mirassol, neste sábado. O treinador viu a vitória no San-São como combustível para atrair o torcedor. Ele também vai relacionar Lucas Pratto, reforço com documentação regularizada e fisicamente apto a jogar. A expectativa é repetir o público de mais de 50 mil pessoas contra a Ponte Preta.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*