Lucas faz golaço no final e define vitória suada do São Paulo contra o Coritiba

Ele pediu para ser cobrado em momentos decisivos, e correspondeu.  Com um golaço quase nos acréscimos, o meia-atacante Lucas definiu a vitória suada sobre o Coritiba por 1 a 0 na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil, nesta quinta, no Morumbi. O Tricolor atuou com um homem a menos em boa parte do segundo tempo, já que Paulo Miranda foi expulso.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, em Curitiba. O São Paulo joga por empate ou derrota por um gol, desde que marque pelo menos um. Vitória por 1 a 0 leva a partida para os pênaltis.

Mais bem montado que o São Paulo, o Coritiba foi superior durante boa parte da primeira etapa. O meia Everton Ribeiro era o coordenador das jogadas de ataque do time paranaense, que se aproveitou do buraco deixado pelo Tricolor entre os zagueiros e os volantes para criar boas chances de gol e levar perigo ao goleiro Denis.

O caminho do São Paulo no primeiro tempo passou pelos pés de Lucas em cima de Lucas Mendes na ponta direita. A joia do Tricolor criou boas chances de gol. Numa delas, obrigou Vanderlei a espalmar para escanteio.

Muito preso entre os zagueiros do Coritiba, o atacante Luis Fabiano teve uma participação apagada no primeiro tempo. Mas dos seus pés quase saiu o gol do São Paulo: dentro da pequena área, o Fabuloso furou e não conseguiu chutar o que seria gol certo do Tricolor.

Luis Fabiano perdeu no final da primeira etapa uma chance muito clara de abrir o placar: o zagueiro Demerson e o goleiro Vanderlei bobearam, a bola sobrou nos seus pés, mas ele chutou fraco em cima do arqueiro do Coritiba. O time visitante respondeu rápido com Everton Ribeiro, que obrigou Denis a espalmar para escanteio. O jogo ficou bem equilibrado.

“[Primeiro tempo] Muito abaixo do esperado. A gente está muito preso na marcação, criando pouco. Temos que ter mais movimentação, criar mais, chegar, tentar sair do meio que está congestionado, porque senão vai ficar difícil”, analisou Luis Fabiano na saída para o intervalo.

Incomodado com a atuação de Casemiro, Leão tirou o volante e colocou Maicon no seu lugar, na tentativa de ganhar o meio de campo do Coritiba. Mas a sua intenção ficou prejudicada pela partida apagada de Jadson, muito sumido.

O panorama da partida ficou favorável ao Coritiba com a expulsão de Paulo Miranda. O zagueiro deu uma voadora no adversário e recebeu corretamente o segundo amarelo. O técnico Emerson Leão foi obrigado a colocar Edson Silva no lugar de Jadson. O treinador do Coritiba, Marcelo Oliveira, tirou Gil para a entrada de Tcheco. Everton Ribeiro carimbou a trave de Denis para mostrar a superioridade dos paranaenses na partida.

Mas quando o Coritiba era melhor na duelo, o São Paulo teve as duas grandes chances da segunda etapa. Após bela tabela com Lucas, Luis Fabiano recebeu na frente do gol e chutou. Vanderlei fez bela defesa com a ponta dos pés. O Fabuloso perdeu outra oportunidade incrível ao cabecear sozinho na trave.

Com um a mais, o Coritiba teve maior posse de bola e controlou as ações no final da partida, mas respeitou demais o São Paulo e se contentou com o empate sem gols. Mas os paranaenses foram castigados por isso: quase nos acréscimos, Lucas fintou três marcadores e chutou no canto de Vanderlei: um golaço, para explosão dos mais de 40 mil torcedores que compareceram ao Morumbi e para dar mais tranquilidade ao Tricolor.

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CORITIBA

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de junho de 2012, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Renda: R$ 1.535.589,00
Público: 40.448 pagantes
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Altemir Hausmann e Márcio Eustáquio Santiago
Cartões amarelos: Sérgio Manoel, Roberto e Ayrton (Coritiba)
Cartões vermelhos: Paulo Miranda (São Paulo)
Gols: SÃO PAULO: Lucas, aos 44 minutos do segundo tempo.

SÃO PAULO: Denis; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez (Ademilson); Denílson, Casemiro (Maicon), Cícero e Jadson (Edson Silva); Lucas e Luís Fabiano
Técnico: Emerson Leão

CORITIBA: Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Lucas Mendes; William, Sergio Manoel, Gil (Tcheco) e Everton Ribeiro (Lincoln); Roberto (Anderson Aquino) e Everton Costa
Técnico: Marcelo Oliveira

Fonte Uol

Um comentário em “Lucas faz golaço no final e define vitória suada do São Paulo contra o Coritiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*