Lucas deixa São Paulo com o dobro de jogos de Kaká

A trajetória de Lucas chega ao final no São Paulo após pouco mais de dois anos como profissional. O período no Tricolor foi o mesmo que o de outro ídolo, Kaká, mas a presença em campo foi bem maior. O futuro jogador do Paris Saint-Germain teve pouco mais do que o dobro de jogos com a camisa são-paulina do que o realizado pelo atual número 8 do Real Madrid, que, no entanto, tem melhor média de gols pelo clube.

Kaká e Lucas ficaram 14 meses como profissional do São Paulo. O primeiro entre 2001 e 2003, tendo realizado 59 partidas e marcado 23 gols, o que resulta em média de 0,4 por jogo. Já Lucas atuou entre 2010 e 2012, com 128 partidas e 32 gols, média de apenas 0,2.

Ambos conquistaram apenas um título pelo clube. E o curioso é que Kaká ganhou o troféu logo em sua primeira participação, no Rio-São Paulo, em 2001, enquanto Lucas só conseguiu o objetivo em seu último torneio, a Copa Sul-Americana.

A maneira como os jogadores deixaram o clube é bem diferente. Kaká foi vendido ao Milan por cerca de 8 milhões de euros, em um momento que era perseguido pelos torcedores pela carência de títulos de expressão do São Paulo.

Já Lucas teve valor de venda quase seis vezes maior, ao ser negociado com o PSG por aproximadamente 43 milhões de euros, e uma despedida calorosa da torcida são-paulina.

Com Lucas, o São Paulo registrou bom rendimento. Dos 128 jogos realizados com ele em campo, o time venceu 69, empatou 29, e perdeu 29 vezes. O aproveitamento foi de cerca de 61%.

Alguns conselheiros do São Paulo eram favoráveis a investir o dinheiro da transação de Lucas na compra de Kaká. No entanto, o Real Madrid não demonstrou interesse em negociar o camisa 8 por valor abaixo de 20 milhões de euros, e deixou os são-paulinos reticentes em pagar caro por um jogador de 30 anos.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*