Leco admite que deve ser o candidato de Juvenal à presidência do São Paulo

Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, atual vice-presidente do São Paulo, deve ser oficializado como candidato de Juvenal Juvêncio à sucessão da presidência do clube do Morumbi.

Em entrevista ao UOL Esporte, o dirigente, que já esteve à frente do futebol, não quis dar prazo para fazer esse anúncio, mas admitiu que essa é a tendência no cenário político são-paulino.

“Ainda é cedo para falar, mas não é impossível. Realmente, isso (candidatura à presidência) não está longe de acontecer”, disse ele em contato por telefone.

Leco ainda admitiu que a movimentação política no São Paulo é intensa neste momento e confirmou que Ricardo Haddad, vice-presidente administrativo, entregou o cargo na última segunda-feira por decidir apoiar outro nome que já se declarou candidato: Marco Aurélio Cunha, que ainda precisa conseguir formar sua chapa.

Marco Aurélio, aliás, foi o primeiro nome da política a confirmar que está disposto a ser o sucessor de Juvenal Juvêncio. Ele, no entanto, se lançou como candidato de oposição e começou a atrair atenções de conselheiros que têm algumas reclamações da atual gestão.

A eleição no São Paulo acontece apenas em abril de 2014, mas já dá sinais de que será mais concorrida do que as últimas vezes, que teve, até, direito a manobra eleitoral sem muito alarde interno para a reeleição de Juvenal Juvêncio.

 

Fonte: Uol

 

Nota do PP: no dia 24, segunda-feira, publiquei, no “Alguém me disse”, que Leco seria o candidato de Juvenal, pois qualquer outro nome – entenda-se Adalberto Batista – racharia  a situação. A matéria acima só vem confirmar minha informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.