Kelvin se recupera de lesão e pode ter despedida contra o Santa Cruz

Recuperado de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, Kelvin foi liberado pelo Departamento Médico do São Paulo para participar do treino com bola realizado nesta quarta-feira, no CCT da Barra Funda.

Nas atividades desta manhã, o meia-atacante integrou um treino técnico em campo reduzido. No início, as equipes eram obrigadas a trocar dez passes antes de finalizar. Na sequência, o auxiliar técnico Pintado dividiu os jogadores em três times que se revezaram nos confrontos. Kelvin foi participativo e treinou sem restrições, chutando e correndo normalmente.

Líder de assistências da equipe na temporada, com sete passes decisivos, Kelvin não atua desde o dia 5 de novembro, quando o Tricolor aplicou a acachapante vitória sobre o Corinthians, por 4 a 0, no Morumbi, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Naquela ocasião, o camisa 30 deixou o clássico aos 41 minutos do primeiro tempo em função da lesão.

Como a 38ª e última rodada do torneio nacional foi adiada para o dia 11 de dezembro por causa do trágico acidente com o avião da Chapecoense, Kelvin deve estar apto para enfrentar o Santa Cruz, em São Paulo.

Esta partida, inclusive, pode ser a despedida Kelvin do clube do Morumbi, com o qual tem contrato até o fim deste ano. O jogador de 23 anos já manifestou desejo em permanecer no Tricolor, mas o Porto-POR, agremiação à qual pertence, só aceita liberar o jogador em caso de compra – esteve emprestado sem custos ao Palmeiras e São Paulo, em 2015 e 2016, respectivamente.

Com a camisa tricolor, Kelvin marcou apenas três gols em 43 jogos, mas foi importante no esquema de Edgardo Bauza durante a Copa Libertadores da América, em que o São Paulo alcançou as semifinais – fase em que o atleta não pôde disputar por conta de lesão. Ele ainda foi titular durante a maior parte do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*