Juvenal usa problemas na Arena Corinthians para atacar rival

A ferida aberta pela exclusão do Morumbi da lista dos estádios da Copa do Mundo do Brasil parece ainda não ter sido cicatrizada no São Paulo. Vivendo os últimos dias do seu mandato no clube, o presidente Juvenal Juvêncio falou com jornalistas durante a eleição para o Conselho Deliberativo do Tricolor, neste sábado, e disparou críticas ao poder público em relação aos últimos problemas na Arena Corinthians.

No dia 29 de março, um acidente na montagem das arquibancadas temporárias matou um operário. Durante a semana, Luiz Antônio Medeiros, superintendente regional do Ministério do Trabalho em São Paulo, afirmou ao jornal “Folha de S.Paulo” que o local já teria sido interditado se não fosse utilizado no Mundial.

– Vocês falam do estádio daquele clube lá em Itaquera. Eu vi o Medeiros, que tem responsabilidade institucional, dizendo que falou com o ministro e que estavam olhando um faz de contas. No segundo dia, se fosse no Morumbi, haveria Polícia Federal, Exército, Polícia Militar, inquérito, vocês estariam bombardeando o Juvenal como incapaz, incompetente, falando em impeachment. Não vi uma palavra disso na mídia. O cidadão é superintendente do estado de São Paulo, fala “em faz de conta” e não tem nada e nem vai ter. Não gostaria de ter falado sobre isso, mas falei – disparou Juvenal.

Juvenal também se mostrou preocupado com a realização da Copa do Mundo no Brasil. Segundo o dirigente, o momento agora é de unir forças para que o país “não passe vergonha”.

– O que eu acho agora é que precisamos fazer a Copa do Mundo. O Corpo de Bombeiros falou que não pode (a corporação apontou irregularidades na Arena Corinthians e ainda não deu o aval). Se vocês fizerem uma casa e não tiver habite-se vocês não vão poder entrar, é a lei. Lá vai poder. A imprensa se silencia sobre isso? Sim. Mas eu também vou me silenciar. Em nome de quê? Do país, que pode fazer vexame perante o mundo – completou o dirigente.

Presidente da Confederação Brasileiro de Futebol, José Maria Marin esteve presente no Morumbi neste sábado. Associado do São Paulo, o dirigente votou na eleição para o Conselho Deliberativo são-paulino e não mostrou preocupação com as obras na Arena Corinthians.

– Acredito sinceramente que tudo vai correr bem. Especificamente sobre o estádio do Corinthians, a disposição, o esforço e a potencialidade de todos os envolvidos são reconhecidos. Vamos fazer uma partida contra a Sérvia (no dia 6 de junho), no Morumbi, e depois vamos começar a Copa do Mundo na Arena Corinthians – disse.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Juvenal usa problemas na Arena Corinthians para atacar rival

  1. Como diria o Corone Juju ” Otempo é o senhor da razão” se o Itaquerão, ops “Arena São Paulo” cair com a curicada pulando que nem macaco (ops), vou rolar de dar gargalhadas KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*