Jardine comemora vantagem no Paulistão Sub-20

A equipe Sub-20 do São Paulo viajou para Mirassol para enfrentar o time da casa pelo jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. Apesar de ter goleado por 5 a 1, o Tricolor começou a partida perdendo e teve que se superar no segundo tempo para construir a boa vantagem no torneio.

Após a partida, o técnico André Jardine analisou o duelo. “Foi um bom jogo, sabiamos que seria difícil, porque o Mirassol conta com bons meninos que participaram da Copa Paulista, que se mostraram mais experiêntes e com muito potencial. O primeior tempo foi como imaginávamos, muito duro, parelho, de marcação forte”, disse o comandante, lembrando que a primeira etapa terminou empatada em 1 a 1.

Para o tempo complementar, Jardine sacou Gabriel Rodrigues, centroavante, para colocar Matheus Lu, um atacante que busca mais o jogo de trás, pela direita. “No segundo tempo, tivemos uma mudança tática importante também e conquistamos uma vantagem que nos faz poder administrar um pouco do cansaço no jogo de volta e entrar em campo um pouco mais tranquilos”, completou.

O Mirassol abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo com Jardisson, mas minutos depois Shaylon deixou tudo igual. No segundo tempo, Shaylon marcou mais dois e Caíque também balançou as redes por duas vezes, decretando a goleada Tricolor por 5 a 1.

“Sabiamos que o time da casa sempre entra muito empolgado, com energia, enquanto o nosso time precisa ter a bola nos pés para jogar, o que não aconteceu, inicialmente, não deixando o São Paulo ter o controle da partida como gostaríamos. No segundo tempo as coisas voltaram para o seu lugar e tivemos mais controle da situação, aproveitando as chances”, comemorou.

O jogo de volta do Campeonato Paulista está marcado para o próximo domingo, dia 6 de novembro, às 10h, no CFA Laudo Natel, em Cotia, com entrada gratuita para os torcedores. O São Paulo pode perder por até quatro gols que ainda garante a vaga nas semifinais da competição.

“Respeitamos demais o Mirassol, mas não serei mentiroso de dizer que não temos uma ótima vantagem. Não podemos nos acomodar, mas a vantagem talvez me dê a opção de poupar alguns jogadores que vêem de uma sequência muito grande de jogos na temporada. Não está definido, mas está controlado”, ponderou.

Antes do novo encontro com o Mirassol, o Tricolor tem outra decisão na quirta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O São Paulo encara o Criciúma, às 18h45, em Santa Catarina. O Tigre precisa fazer quarto gols  e não levar nenhum para levar a partida para os pênaltis ou fazer cinco gols de diferença para reverter a vantagem Tricolor, que venceu no Morumbi por 4 a 0.

Sobre a sequência de jogos e o desgaste dos atletas, Jardine “comemora”. “Trabalhamos o ano todo para chegar nesse momento, com grandes jogos, importantes, televisionados, com interesse da torcida, das pessoas de dentro do clube, com todos olhando por nós. Estamos satisfeitos. O cansaço é substituído pelo prazer de estar em decisões e estar atuando em alto nível”, finalizou.

 

Fonte: Site Oficial

Foto: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*