Igor Gomes ofusca Hernanes e vira peça chave no São Paulo de Diniz

Se por um lado Hernanes não conseguiu atingir o desempenho que se esperava em seu retorno ao São Paulo, por outro a equipe do Morumbi contou com a ascensão de Igor Gomes, que se consolidou como uma das peças mais importantes do Tricolor comandado por Fernando Diniz.

O meia revelado por Cotia perdeu o início da temporada, já que estava com a Seleção Brasileira sub-23 na disputa do torneio pré-olímpico, na Colômbia. Dessa forma, Igor Gomes apenas fez sua estreia pelo São Paulo em 2020 no clássico com o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, entrando no segundo tempo.

No jogo seguinte, contra o Oeste, o jogador de 21 anos conquistou a vaga de Hernanes e, desde então, não saiu mais do time titular. Com ele no time, o Tricolor ganhou maior dinamismo e movimentação, já que o jovem circula por todos os setores do meio e ajuda nas transições em velocidade da equipe.

No 4-3-3 armado por Diniz, Igor Gomes é o meia mais avançado, já que Tchê Tchê e Daniel Alves recuam e têm maior participação na saída de bola. Com essa disposição tática, o camisa 26 tem liberdade para encostar no atacante e aparecer dentro da área para concluir em gol.

Essa movimentação ficou evidente em seu único gol marcado até o momento na temporada. No jogo contra a LDU, pela Libertadores, Igor Gomes aproveitou a movimentação de Pato, que saiu da área, e ocupou o lugar do camisa 7, apenas tendo o trabalho de empurrar para o gol a bola cruzada por Vitor Bueno.

Igor Gomes tem contrato junto ao São Paulo até o final de 2023. O clube do Morumbi possui 100% dos direitos econômicos do jogador, que já disputou 44 partidas pelos profissionais do Tricolor, com cinco gols marcados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.