Ganso projeta mais gols e se diz pronto, mas evita pedir vaga no time

O meia Paulo Henrique Ganso espera que o gol marcado na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético Sorocaba, neste sábado, inicie uma fase goleadora em sua carreira. No oitavo jogo pelo São Paulo, ele apareceu como um centroavante para abrir o placar no Morumbi.

– É bom ver a torcida gritando, espero que seja o primeiro de muitos. Aprendi com o Muricy que tenho de chegar à área e fazer gols – disse o armador, muito cobrado pelo técnico em sua passagem pela Vila Belmiro.

O Peixe, por sinal, é o próximo adversário do São Paulo no Paulistão Chevrolet. Será o primeiro encontro de Ganso com seu ex-clube e o clima no estádio alvinegro será hostil.

– Estou pronto (para retornar à Vila). Respeito muito aquele clube, o Santos. Foi o clube que me lançou para o futebol e sou muito grato – disse ele, que usou a palavra ‘pronto’ também ao ser questionado sobre sua condição física.

– Eu já estou pronto. Participei da pré-temporada, fiz tudo o que tinha de fazer e estou trabalhando no dia a dia para estar sempre 100% para o Ney Franco – acrescentou.

Questionado sobre a chance de ser titular no jogo de volta contra o Bolívar, pela primeira fase da Libertadores, quarta-feira, em La Paz, Ganso foi cauteloso e fez questão de afirmar que não está chateado por ter perdido a vaga na equipe principal para Aloísio.

– Tem de respeitar bastante a decisão do Ney. O elenco está muito forte, tenho de trabalhar – opinou.

Ele também falou sobre as declarações do capitão Rogério Ceni, que pediu mais dinamismo.

– Tenho de ouvir o conselho do Rogério, ser mais competitivo, ajudar na marcação. Estou tentando mostrar isso – completou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*