Ganso não aprova transferência no Brasil e tem sondagens de três países

Os bastidores da carreira de Paulo Henrique Ganso mais uma vez voltaram aos holofotes. Mas enquanto Santos e Flamengo tentam encontrar alternativas para convencer o São Paulo a negociá-lo, o Maestro já deixou claro a pessoas próximas que não tem nenhuma intenção de trocar de clube dentro do futebol brasileiro.

Calejado pela conturbada saída do Santos em 2012, Ganso tem duas razões para não se interessar em defender um rival nacional: o nível técnico do Tricolor, pelo qual acredita que pode ser campeão nesta temporada, e os riscos que uma nova transferência local poderia trazer para sua imagem. Publicamente, no entanto, ele não fecha portas para nenhum clube.

Com esse discurso, o armador deixa o caminho livre para propostas do exterior, mas nem assim qualquer mudança de clube será simples. Até aqui, por exemplo, Ganso foi sondado por clubes da Rússia, de Portugual e da Itália, sondagens consideradas “sem peso” pelo atleta e seu estafe.

Há, claro, uma expectativa de que propostas melhores e mais concretas comecem a aparecer a partir de julho, quando a janela de transferências internacionais será reaberta em toda Europa. Isso não significa, porém, que o meia sairá à caça de ofertas estrangeiras.

Com mais dois anos de contrato, Ganso mantém a calma e os pés no chão e sabe que precisa melhorar o nível do futebol apresentado nesta temporada. Apesar disso, o Maestro ainda crê que está com créditos no São Paulo, dono de 32% de seus direitos econômicos desde 2012.

Esse prestígio não viria só de grandes atuações, como as de 2014, mas também da postura fora de campo. A versão do atleta é que a diretoria nunca foi incomodada por pedidos de renovação ou aumento salarial. Os vencimentos do meia são os mesmos desde sua chegada e giram entre R$ 200 mil e R$ 300 mil, abaixo de nomes como Rogério Ceni, Luis Fabiano, Alan Kardec, Michel Bastos e até mesmo Wesley.

RUBRO-NEGROS ASSUSTADOS

Primeiro clube a procurar o São Paulo em busca de uma negociação definitiva com Ganso (o Santos tentou viabilizar empréstimo), o Flamengo levou um susto com os valores esperados pelo Tricolor para vender o meia. Ainda assim, a diretoria capitaneada por Eduardo Bandeira de Mello irá atrás de fundos para que o Maestro e os são-paulinos possam, ao menos, balançar com uma proposta forte.

Fonte: Lancee

3 comentários em “Ganso não aprova transferência no Brasil e tem sondagens de três países

  1. É só o tricolor começar a se ajeitar aparece noticias de todo lado, sempre visando agitar a cabeça dos jogadores, a imprensa deveria ficar dando noticias do Corinthians seu time querido e parar de perturbar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.