Entre suspensão e improviso, Aguirre pode ficar sem zagueiros no banco

O São Paulo vive uma espécie de dilema para o jogo do próximo sábado contra o Atlético-PR, no Morumbi: os principais zagueiros do elenco terão de ser colocados à prova em campo, não deixando opções para o banco de reservas. Rodrigo Caio, inclusive, pode jogar de lateral. Com isso, o técnico Diego Aguirre pode usar o garoto Rodrigo, de 20 anos, como opção entre os suplentes.

Os quatro zagueiros do elenco profissional são: Anderson Martins, Bruno Alves, Arboleda e Rodrigo Caio. Martins foi expulso em jogo contra o Internacional, no último domingo e, por isso, cumpre suspensão. Bem como o lateral-direito Bruno Peres, sancionado por acúmulo de amarelos.

Dessa maneira, é muito provável que Aguirre opte por colocar Rodrigo Caio na lateral. Arboleda também pode fazer a função. Quem sobrar, compõe a zaga ao lado de Bruno Alves. Não restando, portanto, opções para o banco de reservas. O treinador deve indicar os planos para o jogo a partir desta terça-feira, quando elenco se reapresenta pela manhã no CT da Barra Funda.

No mês passado, o garoto Rodrigo, da base, ficou no banco do profissional nos jogos contra Atlético-MG e Bahia. Portanto, embora não faça parte do plantel principal, é possível que ele esteja novamente entre os relacionados para não deixar uma lacuna entre os suplentes.

Recentemente, o garoto renovou seu contrato com o Tricolor até dezembro de 2021 e, aos poucos, garantem mais rodagem para poder ser utilizado por Diego Aguirre no elenco principal. O São Paulo é o quarto colocado do Brasileirão, com 52 pontos e não vence desde a 24ª rodada. O duelo contra o Furacão é válido pela 30ª rodada.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*