Diretor do São Paulo descarta ter Calleri por seis meses: ‘Não interessa’

O São Paulo ainda tem esperança de contar com o argentino Jonathan Calleri. No entanto, diferentemente do ano passado, desta vez a diretoria não aceitará um vínculo curto, de seis meses de duração. Isso foi o que disse o diretor de futebol José Jacobson, em entrevista coletiva em Bradenton, nos Estados Unidos, onde o Tricolor realiza a pré-temporada.

– Acho que ainda falta um camisa 9 para nosso elenco. No mais, estarmos bem preparados para o primeiro semestre. O Calleri interessa, mas existe o problema com o grupo de investidores, que pagou caro e quer que ele fique na Europa, mesmo que não seja no West Ham. O São Paulo não tem condições de investir nada, é fora da realidade. Além disso, um empréstimo por seis meses não nos interessa. Não posso trazer o Calleri de novo por um período curto. No ano passado, tinha a Libertadores. Esse ano não tem – afirmou Jacobson.

Calleri está emprestado até maio ao West Ham (ING), mas está infeliz na Inglaterra e pretende deixar o clube. Sua vontade é de retornar ao São Paulo agora, mas os investidores que o tiraram do Boca Juniors (ARG) no início do ano passado querem que ele fique na Europa. O atacante vem batendo o pé, mas os empresários seguem irredutíveis. Ele já conversou com o São Paulo sobre um empréstimo de uma temporada.

Nesta segunda-feira, estava prevista uma reunião que poderia definir o assunto. A diretoria do São Paulo, enquanto isso, aguarda sem muita esperança, ciente da dificuldade do negócio. O fato de o Tricolor recusar apenas seis meses, quando a janela na Europa voltaria a ficar quente, é mais um fator dificultante para o retorno do atacante.

Calleri chegou ao São Paulo no início do ano passado, no período em que a janela na Europa é menos aquecida. Ficou seis meses e foi o artilheiro do time na temporada com 16 gols em 31 jogos. A torcida faz campanha para ele retornar.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*