Desfalques de Cueva ligam sinal de alerta do SP para a programação de 2018

O São Paulo busca um meia no mercado. Apesar de contar com Cueva como titular e de apostar em Lucas Fernandes e Shaylon, o departamento de futebol tricolor está preocupado com a possibilidade de ficar sem o peruano durante parte da temporada 2018. Considerado um dos principais jogadores do elenco, o meia deve servir a seleção de seu país com alguma frequência, o que preocupa o Tricolor.

Nas datas Fifa entre 19 e 27 de março, por exemplo, os clubes serão obrigados a liberar os atletas que forem convocados para representar seus países em amistosos preparatórios para a Copa do Mundo. O Peru não disputa a competição desde 1982 e o camisa 10 é nome certo na lista do técnico Ricardo Gareca.

Neste mesmo período será disputada a fase eliminatória do Campeonato Paulista. A etapa de grupos termina no dia 11 de março e as quartas de final serão nos dias 18 e 21, enquanto as semifinais nos dias 25 e 28. Se Cueva for convocado, ele não poderá defender o São Paulo nestas partidas decisivas.

Durante o ano, ele ainda deve servir à equipe nacional no Mundial da Rússia, que será entre os dias 14 de junho e 15 de julho – além de poder ser desfalque nas demais datas Fifa (3 e 11 de setembro; 8 e 16 de outubro e 12 e 20 de novembro) sendo que, pelo menos, o Campeonato Brasileiro o Tricolor ainda disputará no segundo semestre de 2018.

Quando o peruano não esteve em campo, invariavelmente o São Paulo caiu de produção em 2017, tanto que muito se falou da dependência do peruano. Na reta final do Brasileiro, por exemplo, o São Paulo chegou a engatar uma sequência de três vitórias (Flamengo, Santos e Atlético-GO) e a sonhar com uma vaga para a Copa Libertadores.

Porém, nos três jogos seguintes, Cueva teve de servir o seu país na repescagem para o Mundial e o Tricolor ficou no empate com Chapecoense, Vasco e perdeu para o Grêmio. Com tais resultados, a equipe viu a possibilidade de disputar um lugar no torneio continental reduzir – no fim o time fechou a sua participação em 13º, com 50 pontos e classificado apenas para a Sul-Americana.

Tal situação pode explicar o fato de o São Paulo ter feito proposta ao Fluminense para tentar contratar Scarpa e contato com o Sport para sondar Patrick, do Sport. Porém, o clube não trouxe um reforço para o setor até o momento.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Desfalques de Cueva ligam sinal de alerta do SP para a programação de 2018

  1. Acho gozado essa porcaria de diretoria se somos dependentes do cueva e ele por diversos fatores podera nos desfalcar entao pq nao fazer um esforço maior para trazer o Scarpa, por isso que venho dizendo ate agora 2017 nem acabou e 2018 promete ser igual ou pior que 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*